Rodrigo Faro nega ostentação: ‘comecei ganhando R$ 2 mil’

Apresentador relembrou origem simples e que teve que trabalhar muito para conquistar o que tem hoje.

A grande piscina da mansão de Rodrigo Faro deu o que falar nas redes sociais. E o apresentador comentou a polêmica, garantindo que não é “ostentação“. Relembrou sua origem simples e que teve de trabalhar muito para chegar onde está. “Comecei minha batalha na Globo ganhando dois mil reais de salário, sem ponte aérea, sem lugar para ficar no Rio de Janeiro. Teve muita ralação. Tenho que agradecer às pessoas e a Deus.”

Como foi a declaração de Rodrigo Faro?

O assunto veio à tona em entrevista para Patricia Kogut, de “O Globo”. “Ostentação? Não. Sou filho de professora, que ganhava salário de 1.500 reais. Criou a gente sozinha, sem meu pai (ele foi vítima de alcoolismo). Consegui construir o que construí sozinho. Isso é motivo de orgulho. Outro dia mesmo postei (foto da piscina). Só vêm coisas boas. As pessoas falam: “Você lutou muito para isso”. Elas conhecem a minha história. Comecei minha batalha na Globo ganhando dois mil reais de salário, sem ponte aérea, sem lugar para ficar no Rio de Janeiro. Teve muita ralação. Tenho que agradecer às pessoas e a Deus.”

Aliás, na legenda de uma das fotos na famosa piscina, deixou uma mensagem de motivação aos seus seguidores no Instagram. “Não coloque limite em seus sonhos. Coloque fé. E olhe para cima porque é de lá que vem sua força.”

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Faro ainda fez um balanço de sua trajetória para a colunista. “Acho que meu grande acerto foi ter corrido atrás do meu sonho de ser comunicador, independentemente da emissora. Não pensei em dinheiro, em fama, mas em realizar um sonho. Jamais imaginei estar com 47 anos aos domingos. Sobre erros, acho que a gente erra todo dia. Eu brinco com eles. Quando piso na bola, peço desculpa. A vida é isso, uma batalha diária. E ainda tem muita coisa pela frente.”

Vida real

O apresentador também enfatizou que tudo que mostra sobre sua vida na internet é verdadeiro, incluindo o casamento com Vera Viel. “Vera é linda e possível. É uma mulher real, que leva as crianças à escola, cuida da casa, trabalha, produz… E é linda. Não é aquela perfeição inatingível. Todo mundo vê seu dia a dia. Minha família é uma família de verdade.”

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes