Vacinação contra Covid-19 em SP deve começar em 25 de janeiro

A vacina utilizada pelo governo paulista é a chinesa CoronaVac, que será produzida pelo Instituto Butantã

O governador João Dória (PSDB) anunciou no início da tarde desta segunda-feira, dia 7, que a primeira fase da vacinação contra Covid-19 em SP está programada para começar no dia 25 de janeiro de 2021, aniversário da cidade de São Paulo, e terminar em 22 de março do mesmo ano. Nesta etapa, estima-se que 9 milhões de pessoas sejam vacinadas. 

“Montamos em São Paulo um plano de imunização que nos permite iniciar a vacinação em janeiro. Não estamos virando as costas para o Plano Nacional de imunização, mas precisamos ser mais ágeis, por isso estamos nos antecipando. Por que iniciar a vacinação dos brasileiros em março, se podemos fazer isso em janeiro?”, disse Dória. 

A vacina utilizada pelo governo paulista para imunizar a população será a CoronaVac, do laboratório chinês Sinovac. No Brasil, as doses serão fabricadas pelo Instituto Butantã. A vacina está na terceira fase de testes, em que precisa ser testada sua eficácia antes de ser liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Quem participará da 1° fase de vacinação contra Covid-19 em SP ?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O público alvo da primeira fase de vacinação contra Covid-19 em SP corresponde a 1,5 milhão de profissionais da saúde, indígenas e quilombolas, e 7,5 milhões de idosos, grupos considerados prioritários, uma vez que representam 77% das mortes de coronavírus em território paulista. Confira o cronograma:

  • Trabalhadores de saúde, indígenas e quilombolas: 1° dose em 25 de janeiro e a 2° em 15 de fevereiro; 
  • Pessoas com 75 anos ou mais: 1° dose em 8 de fevereiro e 2° em 1 de março;
  • 70 a 74 anos: 1° dose em 15 de fevereiro e 8 de março;
  • 65 a 69 anos: 22 de fevereiro a 15 de março;
  • 60 a 64 anos: 1 de março a 22 de março. 

Locais onde ocorrerão a vacinação contra a Covid-19 em SP

O Governo ainda anunciou que para iniciar a vacinação contra a Covid-19 em SP será feita uma parceria com os 645 municípios paulistas para ampliar de 5.200 para 10 mil postos de vacinação. Além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), os possíveis locais onde serão aplicadas as vacinas são: 

  • Escolas;
  • Estações de trem e terminais de ônibus 
  • Farmácias credenciadas; 
  • Sistema drive-thru 

O horário de vacinação contra Covid-19 em SP acontecerá de segunda a sexta-feira, das 07h às 22h. Sábados, domingos e feriados, das 07h às 17h. Há, porém, a possibilidade de estender o período até às 22h, caso seja necessário. 

Quem morar em outro estado poderá tomar a vacina 

Dória reforçou que não vai barrar a vacinação contra Covid-19 em SP para pessoas de outro estado. Ou seja, segundo ele, quem estiver em território paulista no período em que as doses estiverem sendo aplicadas, pode ser imunizado, mesmo que não resida no estado. 

“Todo e qualquer brasileiro que estiver em solo no estado de São Paulo e pedir a vacina, receberá a vacina gratuitamente. Ele não precisará comprovar residência em São Paulo. Nós fazemos parte do Brasil, respeitamos todos os brasileiros e aqui vacinaremos todos que precisarem ser vacinados”, disse Dória em relação a vacinação contra Covid-19 em SP.

Como será feita a logística da vacinação contra Covid-19 em SP?

Para a primeira fase da vacinação contra Covid-19 em SP foram disponibilizadas 18 milhões de doses. Além disso, serão mobilizados 54 mil profissionais de saúde e 25 mil de segurança pública, entre policiais civis, militares e GCMs, que serão responsáveis pela escolta da vacina.

Para o transporte das vacinas estão programadas 2.100 viagens em todo o período de vacinação, ou seja, por dia, 30 caminhões refrigerados vão levar as doses para 25 postos estratégicos de armazenamento e distribuição regional. O custo de logística para a vacinação contra Covid-19 em SP, segundo o governo, está estimado em 100 milhões e o recurso para a vacinação contra Covid-19 em São Paulo é do Tesouro estadual.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes