Vídeo: ‘Sou racista e odeio a raça negra’, diz mulher flagrada em banco

Mulher foi presa ao fazer insultos racistas contra um cliente; fato ocorreu na fila de um banco em João Pessoa (PB)

Uma mulher foi flagrada cometendo insultos racistas a um cliente que estava na fila de uma agência do Banco do Brasil em João Pessoa (PB). Ela foi presa pelo crime cometido e registrado em vídeo.

O que houve com a mulher?

O caso foi exposto pela TV Correio, afiliada à RecordTV na capital paraibana. Lá, Daniel Lima, vítima do crime, contou que tudo começou quando a agressora viu um cartaz na porta da agência, em que figurava uma pessoa negra.

A mulher então questionou um funcionário da agência sobre o motivo de haver uma propaganda com “alguém da raça negra”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A vítima contou que inicialmente pensou que a mulher falava do grupo musical Raça Negra. Só depois notou que era uma ação racista sendo propagada pela mulher.

Quando Daniel questionou a mulher, ela se alterou ainda mais e passou a ser verbalmente agredido por ela. Toda a ação foi filmada.

“Não se aproxime desses negros. Não troque nenhuma palavra. Não tenho nenhuma palavra a trocar com negro. Sou uma grande racista e odeio a raça negra.”, disse de maneira enfática.

Com a situação, Daniel achou melhor fazer contato com a polícia. No local, a mulher foi abordada e levada para a central de polícia.

Ela foi ouvida e ficou detida até o pagamento da fiança. Agora, responderá em liberdade.

Vale ressaltar que todo tipo de denúncias de situações que denigram os direitos humanos podem ser feitas também pela internet, no site do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Clique aqui e saiba mais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes