Medina, o oásis dos bilionários Bill Gates e Jeff Bezos

O local chamado Medina encontra-se dentro do estado de Washington e também abriga outros mandachuvas da Microsoft, empresa fundada por Gates.

Você sabe o que Jeff Bezos e Bill Gates têm em comum? Sim, eles são bilionários e grandes empresários do ramo de tecnologia, mas também possuem casas na mesma cidade dos Estados Unidos. O local chamado Medina encontra-se dentro do estado de Washington e também abriga outros mandachuvas da Microsoft, empresa fundada por Gates.

Para lhe apresentar a cidade, o DCI separou alguns fatos interessantes sobre a cidade, seus habitantes ilustres e um problema gigante para a prefeitura local.

Sobre a cidade no estado de Washington

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A pequena e discreta cidade de Medina possui 12,51 km² e encontra-se dentro do estado de Washington. O quieto local é extremamente arborizado e, em 2018, possuía uma população de aproximadamente 3.295 pessoas. 

Segundo o censo americano, Medina é o sétimo endereço postal mais caro dos EUA. O valor médio das casas chega perto de US$ 2,8 milhões de dólares. Contudo, nem todas as moradias do local são extravagantes. Quase todas as casas perto do Lago Washington possuem uma doca e uma pequena praia privativa. 

A parte mais famosa da cidade é a rua Evergreen Point, considerada um indicador para mostrar quem realmente possui uma residência luxuosa. Como não pode ser diferente, essa foi a rua escolhida como moradia por Bill Gates e Jeff Bezos.

As casas de Bill Gates e Jeff Bezos em Medina

Xandu 2.0, a mansão de Bill Gates, possui 6131 metros quadrados e é repleta das tecnologias mais avançadas. Fonte: David Oppenheimer

Além de Bezos e Gates, diversos executivos da Microsoft moram na rua Evergreen Point. Mesmo com esses ilustres moradores, o local continua quieto. As propriedades dos dois bilionários mais ricos do mundo são grandes, porém divergem em alguns detalhes.

O terreno de Jeff Bezos é mais discreto – a visão para a casa fica protegida por um gigante portão e cercas altas. O local possui duas casas dentro do espaço de 5,3 acres.  Uma casa possui quase 2229 m² e a outra cerca de 771 m². Bezos pagou cerca de US$ 10 milhões pelo local em 1998, mas gastou outros US$ 28 milhões na renovação do local quando comprou a casa de 2229 m² – na cidade, corre o rumor de que a segunda casa custou US$ 53 milhões.

Já Bill Gates, embora também seja reservado, possui uma mansão muito mais famosa (que tem até nome e página na Wikipédia). Chamada de Xanadu 2.0 pelo bilionário, a residência possui 6131 metros quadrados e é repleta das tecnologias mais avançadas. A construção possui até uma piscina com sistema de som à prova d’água e uma sala com trampolim. Inegavelmente, a mansão de Gates é uma das residências mais luxuosas de Medina (e quem sabe do mundo).

O problema com os impostos da cidade

Apesar de abrigar os dois bilionários mais ricos do mundo e abrigando cidadãos com uma renda média de US$ 174 mil, a prefeitura de Medina passa por apuros financeiros. O valor das propriedades da cidade sempre aumenta, mas a taxa de impostos coletados pela prefeitura não aumenta junto. 

Como exemplo para entender a situação, basta analisar os números da casa de Bill Gates. A mansão Xanadu 2.0  possui seu imposto por propriedade avaliado em cerca de US$ 1 milhão. Desse valor exorbitante, apenas US$ 83 mil serão liberados para a cidade de Medina.

Tal fenômeno ocorre por conta de uma lei que não permite que o governo local aumente o valor dos impostos em mais de 1% ao ano. Para aumentar os impostos acima dessa porcentagem, a prefeitura precisa de uma votação dos residentes de Medidas à favor do aumento. A menos que a situação seja corrigida, a cidade pode atingir um déficit de US$ 500 mil  em 2020.

Atualmente, o orçamento da cidade para gastos com saúde, segurança etc. é avaliado em US$ 6,9 milhões. Para fins de comparação, a fortuna de Jeff Bezos é cerca de 15 mil vezes maior que o valor anual necessário para a prefeitura sustentar-se.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes