Rio de Janeiro entra em estágio de atenção após chuvas e alagamentos

A Subsecretaria de Proteção e defesa Civil acionou 21 sirenes em nove comunidades, e previsão é que as chuvas continuem em menor intensidade até as 22h

Neste sábado (2), Rio de Janeiro tem enfrentado fortes chuvas. O município entrou em estágio de atenção às 10h45 após temporais que alagaram vias nas zonas Sul e Oeste, informou o COR (Centro de Operações Rio). O estágio de atenção é o terceiro grau em uma escala de cinco níveis, que serve para orientar a população e os serviços públicos.

A partir das 11h03, a Subsecretaria de Proteção e defesa Civil acionou 21 sirenes em nove comunidades, incluindo Rocinha, Chácara do Céu, Barão, Juramento, Morro do Céu, Pretos Forros, Parque Silva Vale, Rua Brício de Moraes e Ouro Preto.

 

Previsões de chuvas no Rio de Janeiro

A partir das 15 horas, as fortes chuvas no Rio de Janeiro foram registradas nos bairros do Jardim Botânico, Rocinha e Vidigal, na Zona Sul, e Tanque, na Zona Oeste. De acordo com o Climatempo, o tempo instável é reflexo da chegada de uma frente fria que avança pelo estado e da circulação de ventos entre a baixa e média atmosfera.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Estão previstos pelo menos 80 mm de chuva em média na Região Metropolitana. Isso é praticamente metade da média de chuva para todo o mês de janeiro. Dessa forma, as chuvas devem perder intensidade a partir das 22h. Com menos intensidade, quadro deve continuar até quarta-feira. Equipes da prefeitura tentam escoar pontos de alagamento nos seguintes locais:

  • Av. Epitácio Pessoa na altura da R. Carvalho Azevedo
  • R. Domingos Lopes na altura da R. Maria Lopes
  • Enseada de Botafogo, na altura da churrascaria Fogo de chão
  • Estr. da Pedra, altura do n° 2036
  • Av. Borges de Medeiros com a R. Saturnino de Brito
  • Buraco do Lacerda, no Jacaré
  • Estr. das Canoas na altura do número 755
  • Rua Maria Lopes na altura da R. Padre Manso
  • Av. Dom Hélder Câmara, na altura da Rua Moreira (próximo do número 7.570)
  • Av. Borges de Medeiros na altura do Parque dos Patins
  • Av. Brasil na altura do Trevo das Missões

 

Orientações da prefeitura

“Estamos trabalhando tentando minimizar os impactos desses problemas”, afirmou o Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Segundo as instruções dadas, com a possibilidade de novas chuvas até o final do dia, pessoas das comunidades afetadas devem se deslocar para lugares seguros apontados pela Defesa Civil. Além disso, orientou para que as pessoas evitassem se deslocar no momento da chuva.

“Nossa preocupação é ter o time atento, Secretaria de Conservação, Comlurb, todo mundo mobilizado, para dar as respostas o mais rápido possível”, disse Paes no Centro de Operações Rio.

 

Leia também:

Eduardo Paes toma posse como prefeito do Rio

Mapa classifica Rio de Janeiro com alto risco de contaminação

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes