Não recebeu o PIS/PASEP? Entenda o que pode ter acontecido

Para ter direito aos valores, trabalhador deve estar nas regras, incluindo receber no máximo dois salários mínimos e ter carteira registrada a cinco anos

O último pagamento do PIS/PASEP do ano, referente ao ano-base de 2019, aconteceu no último dia 15 de dezembro para quem não possuía contas na Caixa Econômica Federal. Entretanto, alguns trabalhadores podem estar confusos e não saber a razão de não terem recebido os pagamentos do abono PIS/PASEP. Entenda:

 

Por que não recebi o PIS/PASEP?

Em suma, é voltado para aqueles que possuem carteira assinada nos últimos 12 meses e tiveram rendimento máximo de até dois salários mínimos. Dessa forma, os benefícios se direcionam para os servidores públicos e colaboradores de empresas privadas. Para ter direito ao abono salarial, é preciso cumprir todos os requisitos. São eles:

  • Trabalharam pelo menos 30 dias de carteira assinada durante o ano de validação do pagamento;
  • Ter carteira de trabalho registrada e estar inclusa dentro do abono salarial há ao menos 5 anos – prazo de carência básico para conseguir o benefício;
  • Ter recebido de empregador pessoa jurídica uma remuneração média de até dois salários mínimos no período trabalhado;
  • Além disso, ter os dados atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Pagamentos atrasados do PIS/PASEP recebidos em dezembro

Ademais, o segundo lote de pagamentos foi feito em dezembro, e incluiu todos os trabalhadores que não tiveram o PIS/Pasep pago e ficaram de fora do primeiro. Assim, as empresas tiveram até o dia 30 de setembro para regularizar as informações dos trabalhadores. Em suma, os registros são feitos entre o trabalhador e RH da empresa, que envia os relatórios. Portanto, o atraso é o que ocasiona os problemas para receber o abono salarial.

Os pagamentos aos empregados com direito ao abono salarial e não receberam foram feitos em dezembro. Dessa forma os trabalhadores com direito ao PIS que nasceram entre julho e dezembro receberam o benefício e os demais seguem a regra do calendário.

 

Como consultar saldo do PIS

Trabalhadores baixa renda de empresas privadas podem consultar o saldo de seu PIS no site da Caixa Econômica Federal. Veja:

  1. Acesse a aba “PIS” no site da Caixa;
  2. Clique em “Consultar Pagamento”;
  3. Faça o login, informando o e-mail, número do NIS ou do CPF;
  4. Digite a senha.

Feito isso pode-se consultar se têm direito ao benefício e qual o saldo disponível. Outra forma de consulta digital é através do aplicativo Caixa Trabalhador. Dessa maneira, ao efetuar o login, se deve buscar por Abono salarial e clicar em “Exercício Vigente”. Além disso, também se pode ligar para o telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

 

Como consultar saldo do PASEP

Em seguida, a consulta do saldo do PASEP pela internet pode ser feita no site do Banco do Brasil. Veja:

  1. Acesse a aba “PASEP” no site do Banco do Brasil;
  2. Clique em “Consulte seu PASEP”;
  3. Para iniciar a consulta, digite o número de inscrição ou o CPF e data de nascimento.

Outro modo de consulta é através do aplicativo do banco. Bem como é possível ligar para a central de atendimento do banco: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 729 0001 (demais cidades).

 

Leia também:

Quem tem direito ao PIS/Pasep? Conheça as regras

Saque retroativo PIS/Pasep: quem tem direito aos R$ 1.760?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes