Confira os prazos de declaração do imposto de renda em 2021

A receita federal divulgou que o início do prazo para envio do IR 2021 será segunda-feira (1°).

A receita federal divulgou na última quarta-feira (24), os prazos para envio da declaração de renda de pessoa física referentes ao ano base de 2020. O prazo começa na segunda-feira (1°) às 8h e vai até ás 23h59 do dia 30 de abril de 2021. Veja o prazo de declaração de imposto de renda deste ano.

 

Quem é obrigado a fazer a declaração do imposto de renda?

São obrigados a fazer a declaração:

  • Quem tiver recebido renda superior a R$ 28.559,70 em 2020
  • Quem obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em propriedade rural em 2020.
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • Teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Quem recebeu rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • Aqueles que, em qualquer mês, tiveram ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

A expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo. O programa Gerador da DIRPF2021 já está disponível para download e o contribuinte já pode deixar o formulário preenchido para enviar na segunda.

Multa por não declarar imposto de renda em 2021

Quem não fizer o pagamento do imposto de renda, ficará sujeito à multa, de no mínimo R$ 165,74, e máximo de correspondente a 20% do imposto devido.

declaração imposto de renda
Sede da Receita Federal (Foto: Agência Brasil)

Restituição

Leia também

Rendimentos isentos do IR: quais são e como informá-los na…

IR2021: Leão tem um olho grande sobre o que você recebeu em…

Aqueles que têm direito a restituição vão receber em lotes, pagos de acordo com as seguintes datas:

  • 1º lote: 31 de maio de 2021
  • 2º lote: 30 de junho de 2021
  • 3º lote: 30 de julho de 2021
  • 4º lote: 31 de agosto de 2021
  • 5º lote: 30 de setembro de 2021

Tem prioridade para receber a restituição aqueles com 60 anos ou mais, sendo assegurada prioridade especial aos maiores de 80 anos; portadores de deficiência física ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Auxilio emergencial

Segundo a receita federal os contribuintes que receberam o auxílio emergencial por conta da pandemia da Covid-19 devem fazer a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física, caso tenham recebido, junto com o auxílio, outros rendimentos tributáveis em valor superior a R$ 22.847,76 no ano de 2020. Além disso, contribuintes que tiveram ganhos superiores a esse valor, devem devolver o auxilio. Para saber como fazer a devolução, acesso o site do Ministério da Cidadania.

declaração imposto de renda
Foto: Agência Brasil

Declarações pré-preenchidas

Este ano, o governo ampliou o acesso dos contribuintes à declaração de imposto de renda pré-preenchido. Agora a modalidade está disponível para aqueles com cadastro no site acesso.gov.br. Até 2020, o pré-preenchimento era exclusivo apenas para donos de certificados digitais, que são pagos.

A declaração pré-preenchida é um facilitador ao contribuinte, pois ela já vem com diversas informações já prestadas à Receita Federal por outras fontes. O cidadão deve apenas verificar as informações, corrigindo eventuais distorções e complementando, se necessário. A declaração pré-preenchida está disponível no serviço Meu Imposto de Renda.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes