INSS 2021: pagamento começa hoje; veja como sacar

Pagamentos referentes a janeiro serão feitos entre janeiro (dos números finais 1 a 5) e início de fevereiro, e o próximo deve acontecer no dia 26 para o número final 2

Nesta segunda-feira (25), estão liberados os pagamentos de benefícios aos segurados do INSS 2021. Os pagamentos são realizados de acordo com o valor, acima ou abaixo de um salário mínimo, e conforme o número final do benefício. Hoje, então, os valores serão liberados para o final 1.

Os segurados que recebem até um salário mínimo recebem os valores antes. Assim, os pagamentos do INSS 2021 referentes a janeiro serão feitos entre janeiro (dos números finais 1 a 5) e início de fevereiro. Os pagamentos seguirão durante a semana, e o próximo deve acontecer no dia 26 para o número final 2. Já para quem recebe mais de um salário mínimo, o pagamento referente a janeiro deve acontecer entre os dias 1 e 5 de fevereiro.

 

Calendário INSS 2021

calendário inss 2021
Foto: Reprodução

De acordo com o INSS, o calendário de pagamentos do INSS 2021 foi feito da mesma forma que nos anos anteriores. Também é possível consultar essas datas no site ou aplicativo Meu INSS. Assim como verificar os valores dos benefícios devidos. Portanto, é preciso fazer login na plataforma. É possível ainda baixar o calendário do INSS de 2020, ao clicar em “Calendário de Pagamento” na página inicial.

 

Onde encontrar o número final?

Leia também

Saída da Sony do Brasil: quais produtos não serão vendidos?

Nubank libera pagamentos por aproximação em celulares…

Para saber o dia correto do pagamento, conforme o calendário do INSS de 2021, o segurado deve saber o número do benefício. Cada benefício é composto por uma numeração única, e segue o padrão de 10 dígitos no formato “999.999.999-9”. O número para consultar o pagamento deve ser o último, assim desconsiderando o dígito.

 

Quais benefícios recebem o pagamento?

- PUBLICIDADE -

As datas são referentes a todos os benefícios do INSS, divididos somente entre os valores acima e abaixo de um salário mínimo e número final do benefício. Ou seja, aposentadorias, auxílios e outros. Atualmente, são cerca de 35 milhões de brasileiros que possuem direito a benefícios do INSS no Brasil.

 

Leia também:

Benefício do INSS negado: veja 3 formas de recorrer

Antecipação do 13º do INSS pode gerar dívida em caso de falecimento

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes