Veja quanto vai ficar sua aposentadoria com o reajuste de 5,45%

Reajuste é aplicado para os benefícios acima do salário mínimo, sendo 32,7% do total, e teto deve subir de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57

Nesta terça-feira (12/1), foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o percentual aplicado sobre aposentadorias e pensões acima do salário mínimo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou com 5,45% em 2020, valor de reajuste da aposentadoria.

 

Reajuste da aposentadoria

O governo ainda não oficializou o reajuste, o que é feito através de publicação no Diário Oficial da União. Entretanto, pela lei, o governo tem a obrigação de reajustar os valores segundo o índice.

O reajuste da aposentadoria, portanto, é maior que os benefícios no valor de um salário mínimo. Neste ano, o aumento do piso nacional considerou o reajuste de 5,25%, chegando ao valor de R$ 1.100, segundo a Medida Provisória. Assim, considerou apenas o INPC, excluindo a variação do Produto Interno Bruto (PIB).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo o Ministério da Economia, então, caso o índice usado para a correção do mínimo ficasse acima da estimativa, como ocorreu em 2020, o mínimo poderia ser revisto. Caso o governo corrija o salário mínimo pelo INPC, o piso nacional pode subir 2 reais, de R$ 1.100 para R$ 1.102.

Para que os valores sejam oficializados, a Secretaria da Previdência deve publicar uma portaria que oficialize o reajuste dos benefícios no Diário Oficial da União. A tabela de contribuição de segurados que estão na ativa para a Previdência também pode sofrer reajuste.

 

Como ficam os valores dos benefícios?

Sendo assim, o teto da Previdência Social deve subir de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57 em 2021. Esse valor passa a ser referência para calcular o desconto nos salários dos trabalhadores com carteira assinada. Entre os benefícios pagos pelo INSS, 32,7% estão acima do piso nacional. 

Como mostra o jornal Extra, para um aposentado que recebia R$ 2 mil por mês, o reajuste da aposentadoria de 5,45% significa um aumento de R$ 109. Ou seja, ele passará a receber R$ 2.109 mensais. Já uma aposentadoria de R$ 3 mil teria um acréscimo de R$ 163,50, ficando em R$ 3.163,50.

Se o benefício era de R$ 4 mil em 2020, a correção implicará em um adicional mensal de R$ 218, e a aposentadoria ficará no valor de R$ 4.218 em 2021. Dessa maneira, o aposentado que recebe mais que o salário mínimo pode aplicar o índice de inflação em seu salário para chegar aos valores.

 

Mudanças nas faixas de renda

  • Quem recebia R$ 1.200, passará a receber R$ 1.265,40
  • Quem recebia R$1.500, passará a receber R$ 1.581,75
  • Aquele que recebia R$1.800, passará a receber R$ 1.898,10
  • Quem recebia R$ 2.100, passará a receber R$ 2.214,45
  • Quem recebia R$ 2.400, passará a receber R$ 2.530,80
  • Aquele que recebia R$ 2.700, passará a receber R$ 2.847,15
  • Quem recebia R$ 3.000, passará a receber R$ 3.163,50
  • Quem recebia R$ 3.300, passará a receber R$ 3.479,85
  • Aquele que recebia R$ 3.600, passará a receber R$ 3.796,20
  • Quem recebia R$ 3.900, passará a receber R$ 4.112,55
  • Quem recebia R$ 4.200, passará a receber R$ 4.428,90
  • Aquele que recebia R$ 4.500, passará a receber R$ 4.745,25
  • Quem recebia R$ 4.800, passará a receber R$ 5.061,60
  • Quem recebia R$ 5.100, passará a receber R$ 5.377,95
  • Aquele que recebia R$ 5.400, passará a receber R$ 5.694,30
  • Quem recebia R$ 5.700, passará a receber R$ 6.010,65
  • Quem recebia R$ 6.000, passará a receber R$ 6.327,00
  • Enfim, aquele que recebia R$ 6.101,06, passará a receber R$ 6.433,57

 

Leia também:

14º salário do INSS 2021: saiba se o benefício extra será pago

Saiba se é possível se aposentar antes dos 60 anos pelo INSS

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes