Atlético MG e Palmeiras notificam novos casos de Covid-19 no futebol brasileiro

Mineiros chegaram nesta terça-feira (17) ao 15º caso, enquanto os paulistas foram a 17 contaminados em seu elenco nesta temporada; Na última rodada do Brasileirão Série A, cerca de 43 atletas não atuaram devido à doença.

A Covid-19 continua assombrando a vida da população mundial, mas no futebol brasileiro a situação não é diferente. Somente na última rodada do Brasileirão Série A, 43 jogadores e dois técnicos estiveram ausentes das partidas devido à contaminação da doença.

Lista de atletas fora da 21ª rodada do Brasileirão 

  • Santos: 11 (Ângelo, Vladimir, João Paulo, Lucas Veríssimo, Madson, Diego Pituca, Jobson, Jean Mota, Alison, Sandry e Alex. Mas além desses, o técnico Cuca também contraiu a doença);
  • Coritiba: 9 (Matheus Galdezani, Nathan, Patrick Vieira, Matheus Bueno, Ricardo Oliveira, Nathan, Muralha e mais dois, mas que teve os nomes divulgados. No entanto, o técnico Rodrigo Santana também testou positivo);
  • Palmeiras: 5 (Luan, Gabriel Menino, Rony, Danilo e Gabriel Silva);
  • Vasco: 4 (Leandro Castán, Carlinhos, Miranda e Ribamar);
  • Fortaleza: 2 (Osvaldo e Yuri César);
  • Ceará: 2 (Vina e Brock);
  • Internacional: 2 (Nonato e Patrick);
  • Corinthians: 2 (Jô e Mateus Vital);
  • Fluminense: 2 (Fernando Pacheco e Yago);
  • Atlético-MG: 1 (Sávio);
  • Botafogo: 1 (Walery);
  • São Paulo: 1 (Tchê Tchê);
  • Sport: 1 (Rafael Thyere);

Clubes divulgam mais casos de Covid-19 no futebol brasileiro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Palmeiras

Nesta terça-feira (17), o Palmeiras oficializou seu 15º atleta contaminado. Mas além dos jogadores, mais dois profissionais da comissão técnica também testaram positivo.

O clube confirmou que Jailson, Vinicius, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio e Marino testaram positivo hoje (17). Assim como os atletas, o assistente técnico João Martins também foi detectado com o vírus.

Ontem, o zagueiro Alan Empereur e o atacante Gabriel Veron informaram seus diagnósticos positivos, assim como o assessor técnico Edu Dracena. No entanto, todos já estão em isolamento.

Além destes, os atletas Luan, Danilo, Rony e Gabriel Silva foram diagnosticados com a doença na semana passada. E, também testaram positivo os jogadores Gabriel Menino e Matías Viña que foram convocados para as Eliminatórias. Então por estarem em suas Seleções, já não estavam no clube.

Atlético MG

A situação vivida pelo Verdão é semelhante ao do Atlético MG. O clube também confirmou nesta terça (17), mais casos em seu elenco, e então chegou ao 15º contaminado na temporada.

O meia Cazares foi o primeiro a ser diagnosticado com a doença na equipe do Galo, mas em maio. No entanto, o atleta não está mais no clube e joga no Corinthians desde setembro.

Após oito meses sem mais nenhum diagnóstico positivo, na semana passada, o volante Rubens Dias foi o segundo a ser contaminado pela doença. Logo depois, mais três casos: Alan Franco, Savinho e Rômulo.

Mas além destes, na segunda (16) o Galo divulgou mais nove profissionais diagnosticados, inclusive o seu treinador, Jorge Sampaoli, confira a lista:

  • Gabriel Andreata (gerente de futebol)
  • Jorge Desio (auxiliar técnico)
  • Pablo Fernandez (preparador físico)
  • Marcos Fernandez (auxiliar de preparação física)
  • Gabriel (zagueiro)
  • Domênico Bhering (diretor de Comunicação)
  • Frederico Fortes (analista de desempenho)
  • Danilo Minutti (treinador de goleiros)
Sampaoli é mais um técnico no futebol brasileiro a contrair a Covid-19
Sampaoli é mais um técnico no futebol brasileiro a contrair a Covid-19 (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Santos FC

No futebol feminino, a equipe do Santos também sofreu com a doença. 14 jogadoras e três membros da comissão técnica do time diagnosticaram a presença do vírus no dia 6 de novembro.

Por conta dos casos, a equipe perdeu por W.O a partida que tinha contra o São José, pelo Campeonato Paulista Feminino. O Santos entrou com um pedido para adiamento da partida, mas a CBF recusou.

Técnico do Santos, Cuca, ficou internado por conta do vírus, mas já recebeu alta
Técnico do Santos, Cuca, ficou internado por conta do vírus, mas já recebeu alta (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo)

Covid-19 no futebol brasileiro vai além da Série A

Os casos aqui mostrados entram para uma lista de diversos clubes que já tiveram uma crise de Covid-19 . A exemplo disso, o Flamengo passou por situação semelhante em setembro. Na época, a equipe confirmou 27 casos na delegação que viajou ao Equador para os jogos da Libertadores.

Assim como a equipe carioca outros clubes também passaram por situações complicadas. Mas este cenário não restringe-se apenas as equipes da Série A. Agremiações das divisões inferiores e de outros esportes também sofrem com a doença que ainda não possui vacina e tirou a vida de 166.014 pessoas no Brasil, de acordo com o Governo Federal.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes