Conheça os brasileiros que já ganharam uma chance na NFL

Temporada 2020/2021 da NFL conta com dois brasileiros, mas apenas um deles conseguiu ser titular de seu time e disputar jogos oficiais

É raro ver brasileiros em campo na NFL. Afinal, se já é difícil para um norte-americano conseguir entrar na liga, imagine para um estrangeiro. Além disso, a popularidade do esporte só começou a crescer recentemente por aqui. Ainda assim, o Brasil está presente na competição esportiva mais rentável do mundo.

Até hoje, o único atleta nascido no Brasil a disputar um jogo oficial da NFL foi o kicker Cairo Santos, de 29 anos. Sua função é acertar a bola oval dentro das traves que ficam atrás da endzone, garantindo três pontos por um field goal ou um ponto extra após um touchdown.

Brasileiros na NFL: Cairo Santos

A estreia de Cairo Santos na NFL aconteceu em 2014, pelo Kansas City Chiefs. Experiente, o brasileiro disputou três temporadas completas pela franquia que é a atual campeã da liga. Em seguida, ele passou por Chicago Bears, Tampa Bay Buccaneers e Tennesse Titans. Na temporada atual, voltou ao Chicago Bears e assumiu a titularidade após a lesão de Eddy Piñeiro.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nascido em Limeira, no interior de São Paulo, Cairo Santos é pioneiro entre os brasileiros na NFL. Mas, quando foi para os Estados Unidos e entrou na high school, seu objetivo inicial era jogar futebol. No entanto, não demorou para descobrir sua habilidade como kicker de futebol americano.

Assim, Cairo conseguiu uma bolsa na Universidade de Tulane, em Nova Orleans, para jogar futebol americano. Em 2012, ele chegou a ganhar o prêmio de melhor kicker da temporada da NCAA, a liga universitária de futebol americano. Dois anos mais tarde, ele assinou contrato com o Kansas City Chiefs, onde bateu recordes da franquia em aproveitamento de chutes e field goals convertidos em um único jogo.

Duzão, o judoca ex-fazendeiro

Brasileiros na NFL: Duzão, do Miami Dolphins
Divulgação/NFL

Na lista de atletas relacionados para o time reserva do Miami Dolphins está o cuiabano Durval Queiroz Neto, de 28 anos, mais conhecido como Duzão. Entre os brasileiros que já ganharam uma chance na NFL, a trajetória dele é a mais peculiar.

Campeão de judô na juventude, Duzão estudou para ser engenheiro agrônomo e cuidar da fazenda do pai. Paralelamente, começou a jogar futebol americano, mas sem a ambição de um dia chegar à NFL. Defendeu times amadores, até que chegou à seleção brasileira da modalidade.

Graças ao técnico Kenneth Joshen Jr, que hoje é seu empresário, Duzão viajou para os Estados Unidos e participou do programa NFL Undiscovered, uma espécie de peneira para estrangeiros. Assim, em 2019, ele assinou um contrato de três anos com o Miami Dolphins, tornando-se o primeiro jogador a sair do Campeonato Brasileiro de futebol americano para a NFL.

Duzão começou a carreira jogando como defensive tackle, um dos jogadores que tem o objetivo de derrubar o quarterback adversário. No entanto, logo após chegar aos Dolphins, ele passou a atuar como guard, defendendo o quarterback na linha ofensiva. Embora esteja de contrato renovado, Duzão ainda espera por uma chance no time titular do Miami.

Filhos de brasileiros na NFL

Além dos dois brasileiros que conseguiram entrar na NFL, outro jogador que representa o país é o kicker Rodrigo Blankenship, do Indianapolis Colts. Nascido na Georgia, ele é filho de uma brasileira, e seus avós maternos ainda vivem em Pernambuco. Aliás, durante a infância, ele chegou a treinar no Náutico. Mas acabou seguindo carreira no futebol americano.

O Brasil também esteve presente no título do Seattle Seahawks no Super Bowl de 2014, graças ao right tackle Breno Giacomini. Filho de brasileiros de Governador Valadares, Minas Gerais, ele nasceu em Massachusetts e também jogou por Green Bay Packers, New York Giants e Houston Texans.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes