Cavani no Grêmio? O que se sabe sobre o futuro do atacante

Os rumores sobre a possível contratação do atacante uruguaio Edinson Cavani criaram expectativa entre os torcedores do Grêmio

Os rumores sobre a possível contratação do atacante uruguaio Edinson Cavani criaram expectativa entre os torcedores do Grêmio. No entanto, a negociação não é nada simples. Ainda assim, o clube gaúcho continua sonhando com o reforço.

Situação de Cavani

Cavani está sem clube desde junho de 2020, quando acabou seu contrato com o PSG. Desde então, vários clubes europeus surgiram como interessados no atacante, mas nenhum deles conseguiu chegar a um acordo.

O Benfica, comandado pelo técnico português Jorge Jesus, chegou a avançar nas negociações, mas acabou desistindo. Além do alto salário pedido pelo atacante, ele exige um contrato com duração mínima de três anos. Período que é considerado longo para um jogador que já está com 33 anos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com o site Goal, o uruguaio pede um salário de aproximadamente 12 milhões de euros (R$ 76 milhões) por temporada. Embora sejam valores que nenhum clube brasileiro poderia pagar, o Grêmio deposita suas esperanças no possível desejo de Cavani em atuar na América do Sul.

Cavani e o Grêmio

Os rumores sobre Cavani no Grêmio se intensificaram depois que o jornalista argentino Sebastian Srur, da Radio Continental, cravou que o atacante já estava acertado com o Grêmio. Segundo ele, o clube gaúcho bancaria o negócio com as vendas de Pepê e Everton Cebolinha.

Cavani no Uruguai
PSG.fr

Mas o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, desmentiu a informação em entrevista coletiva. “O atrelamento do Grêmio ao Cavani é cultural. A imortalidade, a forma como joga, tem tudo a ver. Se alguém sonha com ele, sonha corretamente. Há tempos atrás, fizemos uma conversa com ele. Mas não é o Grêmio que vai competir com os clubes da Europa”, afirmou o dirigente.

Por outro lado, Bolzan não descarta completamente a contratação de Cavani no futuro. “Se tiver abertura concreta no sentido do projeto de vida dele vir para América do Sul, o Grêmio vai trabalhar com isso. Mas passa pela decisão pessoal dele. Não temos como competir com clubes da Europa, que isso fique claro. Não temos nenhuma situação de negócio com ele. Mas se o projeto dele for vir para o continente, vamos falar com ele e observar se é algo viável”. O presidente ainda disse que Cavani estaria “impactado” com a repercussão de sua possível transferência para o Grêmio.

No dia da live de aniversário de 117 anos do Grêmio, no dia 15 de setembro, o boato de que o clube aproveitaria a ocasião para anunciar Cavani ganhou força. Não aconteceu, e os torcedores ficaram decepcionados. “Criou-se uma expectativa em um vazio”, afirmou o vice de futebol Paulo Luz à Rádio Gaúcha.

Fechamento da janela

Segundo o GaúchaZH, Cavani só deve negociar com algum clube sul-americano caso não recebe nenhuma proposta do futebol europeu até o encerramento da janela de transferências, no dia 5 de outubro. Apenas assim ele aceitaria reduzir a pedida salarial para se adaptar à realidade do mercado local. Além disso, ele exigiria um projeto esportivo mais amplo, que incluiria disputar a Libertadores.

Cavani no PSG
PSG.fr

No entanto, o técnico da seleção uruguaia, Oscar Tabárez, estaria preocupado com a indefinição de Cavani sobre o seu futuro. Afinal, o atacante está sem jogar, e o Uruguai tem compromisso pelas eliminatórias a partir do dia 9 de outubro. Caso o atacante decida em qual clube vai jogar antes desse período, dificilmente será em um clube da América do Sul, pois as negociações para diminuir o salário e elaborar um projeto esportivo devem se arrastar por mais tempo.

Outros clubes interessados

Além do Grêmio, o Atlético-MG também teria sondado Cavani, mas os valores assustam. Segundo o Fox Sports, no final de 2019, o irmão e empresário de Cavani esteve no Brasil e fez uma visita aos clubes. Também esteve no Palmeiras, Internacional, Flamengo e Boca Juniors.

Na Europa, os clubes mais citados como possível destino do atacante são o Atlético de Madri e também a Juventus, onde ele teria a chance de jogar ao lado de Cristiano Ronaldo. Um retorno ao Napoli também não está descartado.

Para bancar o que o uruguaio pede, no entanto, seria preciso ter tanto dinheiro quanto os clubes chineses, ou então um projeto esportivo que só os clubes dos Estados Unidos poderiam oferecer. E eles até fizeram propostas para Cavani. Mas o atacante ainda não pretende se transferir para mercados sem tradição no futebol.

Assim, o Grêmio e os outros clubes sul-americanos interessados em Cavani continuam à espera do fechamento da janela de transferências da Europa. Caso o atacante não receba nenhuma proposta até o dia 5 de outubro, os tricolores podem continuar sonhando com a contratação do uruguaio.

Informar Erro
Através da GaúchaZH Fox Sports Goal

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes