Quanto ganha o vice-campeão da Copa do Brasil? Veja a premiação

Athletico Paranaense ficou com o segundo lugar na Copa do Brasil depois de perder o título para o Galo

Com o título do Atlético Mineiro, o Athletico Paranaense se confirmou como o vice da Copa do Brasil. Além de garantir o segundo lugar mais alto na tabela de classificação, o time também vai embolsar uma quantia generosa aos cofres como forma de recompensa na temporada. Confira quanto ganha o vice-campeão da Copa do Brasil em 2021e os números completos da premiação.

Quanto ganha o vice-campeão da Copa do Brasil 2021?

Por terminar em segundo lugar na Copa do Brasil depois de perder a final para o Atlético-MG, o Athletico vai embolsar o prêmio de R$ 23 milhões aos cofres. Além disso, se contabilizar as participações em todas as fases, o valor sobe para 38 milhões de reais. Os números foram divulgados pela própria CBF de acordo com o regulamento.

O valor é considerado razoável, mas não se compara ao prêmio dado para o campeão da temporada. Os valores são tirados de patrocínios, cotas televisivas e recompensa da própria entidade por disputarem a competição.

Além disso, em toda a temporada, o Athletico totalizou mais de R$86 milhões por terminar em 14º no Brasileirão (R$12,8 milhões), ser campeão na Sul-Americana (R$ 36 milhões) e por fim os 38 milhões da Copa do Brasil.

Premiação da Copa do Brasil 2021

Em cada fase da Copa do Brasil, um valor diferente é atribuído para os ganhadores, isto é, cada vez que um clube avança para a próxima rodada da competição, garante uma premiação diferente aos cofres.

A primeira fase entrega valores diferentes aos participantes, onde apenas o primeiro grupo garante um milhão, com os demais garantindo menos. Depois, a partir da terceira fase é que os valores vão aumentando e sobem para a casa do milhão. A contribuição em dinheiro faz com que os times se esforcem ainda mais para passar de fase.

Confira os valores completos da premiação na Copa do Brasil em 2021.

 

  • Primeira fase: R$ 560 mil (grupo III), R$ 990 mil (grupo II) ou R$ 1,15 milhão (grupo I)
  • Segunda fase: R$ 675 mil (grupo III), R$ 1,07 milhão (grupo II) ou R$ 1,35 milhão (grupo I)
  • Terceira fase: R$ 1,7 milhão
  • Oitavas de final: R$ 2,7 milhões
  • Quartas de final: R$ 3,45 milhões
  • Semifinais: R$ 7,3 milhões
  • Vice-campeão: R$ 23 milhões
  • Campeão: R$ 56 milhões

Final da Copa do Brasil 2021

No primeiro jogo da final da Copa do Brasil, o Atlético Mineiro saiu na frente jogando no Mineirão, em Belo Horizonte, depois de marcar 4 a 0 contra o Athletico com gols de Hulk, Keno e dois de Vargas.

Na volta, o clube paranaense teve a difícil missão de vencer o Galo com mais de cinco gols, além de torcer para que não marcassem mais nenhum ou então a conta aumentaria. No primeiro tempo, Pedro Rocha conseguiu abrir o placar, mas o juiz cancelou o gol por toque de mão. Keno, entretanto, abriu o placar em favor do Atlético-MG.

No segundo tempo, o Athletico tentou, mas não foi o necessário para ganhar o jogo, além de tomar mais um gol, de Hulk por cobertura. Jaderson, no finalzinho da etapa, descontou, dando o título para o Galo pela segunda vez na história.

 

Relembre como foi a partida de volta que deu o título para o Galo.

Leia também:

Vai e vem do Mercado da Bola 2022: confira as últimas notícias

Você pode gostar também