Estádio do Morumbi: conheça a história e recordes da casa do São Paulo FC

Estádio Cícero Pompeu de Toledo é o terceiro maior do país e completa 60 anos no dia 2 de outubro; Casa do São Paulo FC, campo está entre os principais da história do futebol brasileiro.

0 372

Inaugurado no dia 2 de outubro de 1960, o estádio Cícero Pompeu de Toledo, popularmente conhecido como estádio do Morumbi, completa 60 anos na próxima sexta-feira. Localizado no bairro homônimo, na capital paulista, a casa do São Paulo FC é o terceiro maior estádio em capacidade liberada para eventos esportivos no Brasil – logo atrás do Maracanã e Mané Garrincha.

 

Mas, quem foi Cícero Pompeu de Toledo?

Cícero Pompeu de Toledo foi presidente do São Paulo FC de 30 de setembro de 1949 a 29 de abril de 1958.

Em sua gestão, o clube recebeu o terreno que viria ser construído o estádio do Morumbi, entretanto doado pela Imobiliária e Construtora Aricanduva, propriedade do ex-governador de São Paulo, Adhemar Pereira de Barros.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Construído em uma das regiões mais nobres da capital paulista – Morumbi – a região se desenvolveu pelo próprio estádio que, enquanto era construído, encontrava-se em meio ao nada.

As obras iniciaram em 1º de julho de 1953, sob a gestão de Cícero Pompeu de Toledo, no entanto só foram concluídas em 2 de outubro de 1960, e Cícero não chegou a ver o estádio do Morumbi pronto.

O ex-presidente do tricolor faleceu em 8 de setembro de 1959, contudo em sua homenagem o clube denominou oficialmente o Estádio do Morumbi como Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

Cícero Pompeu de Toledo era presidente do São Paulo no início das obras do Morumbi
Cícero Pompeu de Toledo era presidente do São Paulo no início das obras do Morumbi (Foto: revista Tricolor número 77)

Considerado o Presidente de Honra do São Paulo FC, Cícero Pompeu de Toledo é portanto, eterno presidente do clube.

Ao passo que como presidente, foi campeão paulista em 1948, 1949, 1953 e 1957.

Qual foi o primeiro do jogo São Paulo FC no Morumbi?

O jogo entre São Paulo FC e Sporting, de Portugal, inaugurou o estádio do Morumbi, no dia 2 de outubro de 1960.

Ademais, o Tricolor venceu o duelo por 1 a 0, com gol de Peixinho – consequentemente o primeiro gol do estádio.

Arquivo de São Paulo FC x Sporting no Morumbi
Arquivo de São Paulo FC x Sporting no Morumbi (Reprodução)

Embora a inauguração ocorreu no duelo entre São Paulo FC e Sporting, as obras só foram totalmente finalizadas em 25 de janeiro de 1970.

A partida de comemoração foi entre São Paulo FC e Porto, de Portugal, mas sem vitória para ninguém. Partida terminou empatada em 1 a 1.

Capacidade do estádio do Morumbi

A capacidade atual da casa do São Paulo FC é muito menor do que quando foi inicialmente planejada. À princípio, a capacidade era de de 149.908 pessoas.

No entanto, as medidas de segurança aumentaram ao longo dos anos e o estádio teve que reduzir aos poucos a quantidade de torcedores.

Com isso, os públicos constantemente visto que alcançavam a lotação máxima do estádio deixaram de existir desde o final dos anos 90 até os atuais dias.

Entretanto, além dos jogos o estádio recebe uma alta quantidade de pessoas em shows.

O estádio já foi o palco de bandas e artistas como:

Queen, Nirvana, Michael Jackson, Madonna, Aerosmith, Beyoncé, Bon Jovi, Paul McCartney, Justin Bieber, entre outros.

Show de Paul McCartney no Morumbi
Show de Paul McCartney no Morumbi (Foto: Reprodução)

Embora muitas estrelas já tenham pisado no estádio do Morumbi, o maior público registrado foi em 25 de agosto de 1985, quando 162.941 pessoas se reuniram para um Congresso Internacional das Testemunhas de Jeová.

Contudo, o maior público em uma partida de futebol aconteceu em 9 de outubro de 1977, com 146.082 pessoas, na final do Paulista entre Ponte Preta x Corinthians.

Em uma partida do São Paulo FC, no entanto, o maior público foi em 16 de novembro de 1980, no duelo contra o Santos, na final do Paulista. Mas, nesta ocasião o público foi de 122.535 espectadores.

Recordes de Títulos do estádio do Morumbi

  • Número de títulos: Rogério Ceni, 14 títulos
  • Jogos em campanhas de títulos: Rogério Ceni e Müller, 92 jogos
  • Vitórias em campanhas de títulos: Rogério Ceni, 67 vitórias
  • Gols em campanhas de títulos: Müller, 49 gols
  • Participações em decisões de título (partidas finais ou da conquista): Müller, 13 jogos
  • Gols em decisões de título (partidas finais ou da conquista): Raí, 9 gols

Recordes de Atuações

  • Geral: Rogério Ceni, 594 jogos
  • Consecutivas: Rogério Ceni, 61 jogos (31/10/2009 a 19/11/2011)
  • Campeonato Brasileiro: Rogério Ceni, 289 jogos
  • Campeonato Paulista: Waldir Peres, 173 jogos
  • Copa Libertadores: Rogério Ceni, 44 jogos
  • Competições Internacionais: Rogério Ceni, 89 jogos
  • Mata-Matas Oficiais: Rogério Ceni, 117 jogos
  • Sem nunca perder: Joilson, 25 jogos
  • Mais jogos marcando gol: Serginho, 98 jogos
Rogério Ceni é jogador com mais título e jogos no Morumbri
Rogério Ceni é jogador com mais título e jogos no Morumbri (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Recordes de Gols

  • Geral: Serginho Chulapa, 135 gols
  • Campeonato Brasileiro: Luis Fabiano, 68 gols
  • Campeonato Paulista: Serginho Chulapa, 88 gols
  • Copa Libertadores: Rogério Ceni e Luis Fabiano, 10 gols
  • Competições Internacionais: Luis Fabiano, 14 gols
  • Mata-Matas Oficiais: Luis Fabiano, 31 gols
  • Clássicos Estaduais: Serginho Chulapa, 31 gols
  • Um ano: França, 29 gols (2000)
  • Um jogo: Dodô, Luis Fabiano e Raí, 5 gols

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes