Fórmula 1 confirma Sprint Race no Brasil em 2022; veja o calendário

Grande Prêmio da Imola, Áustria e Brasil contarão com a corrida de classificação para definir o grid de largada do domingo nesta temporada

Enquanto os fãs aguardam para o início da nova temporada, a Comissão da Fórmula 1 divulgou nesta segunda-feira, 14/02, as novidades para o calendário da competição em 2022. Três etapas este ano terão a Sprint Race, ou corrida de classificação, incluindo Imola (Itália), Áustria e Brasil, além de alterações entre as pontuações. Confira a seguir tudo sobre a Spritn Race na Fórmula 1 as principais mudanças.

GP do Brasil na Fórmula 1 vai ter Sprint Race em 2022

A Comissão da Fórmula 1 anunciou nesta segunda as principais mudanças para a nova temporada da modalidade. Em 2022, serão três etapas com a Sprint Race nos Grandes Prêmios da Emilia Romagna, da Áustria e de São Paulo, como forma de definir o grid de largada da corrida de domingo.

No ano passado, a Fórmula 1 realizou também três provas, em Silverstone, Monza e Brasil, em formato experimental, onde os pilotos disputavam na sexta o treino classificatório, para definir a largada de cada participante na Sprint Race. No sábado, a corrida de classificação acontecia por cerca de 25 a 30 minutos para definir o grid de largada do Grande Prêmio no domingo.

Em 2022, entretanto, a F1 optou por mudanças na Sprint Race. Além de definir as provas que receberão a Sprint, o sistema de pontuação também está diferente. Agora, os oito primeiros colocados ganham pontos, sendo o primeiro colocado da Sprint faturando 8 pontos, o segundo 7, o terceiro 6 e assim sucessivamente até o oitavo com 1 ponto.

Além disso, o piloto que terminar com o melhor tempo na qualificação, a corrida da sexta-feira, será o pole position. Por fim, a Comissão determinou

 

GP da Emilia-Romagna 

  • Treino Livre 1, 2 e treino classificatório (22 e 23 de abril)
  • Sprint Race (23 de abril)
  • Corrida no domingo (24 de abril)

GP da Áustria

  • Treino Livre 1, 2 e treino classificatório (8 e 9 de julho)
  • Sprint Race (9 de julho)
  • Corrida no domingo (10 de julho)

GP do Brasil/São Paulo

  • Treino Livre 1, 2 e treino classificatório (11 e 12 de novembro)
  • Sprint Race (12 de novembro)
  • Corrida no domingo (13 de novembro)
Sprint race fórmula 1
Gp de são paulo vai receber a corrida sprint em 2022. Foto: reprodução / fórmula 1 oficial

Quando começa a Fórmula 1 em 2022?

A temporada 2022 da Fórmula 1 vai começar com o treino livre do GP do Bahrein em 18 de março, no Oriente Médio, pelo Circuito Internacional do Bahrein. Serão três treinos livres e o treino de classificação, a clássica corrida com os três Q’s onde o vencedor da volta mais rápida se garante em primeiro lugar no grid de largada do Grande Prêmio de domingo.

O campeonato este ano contará com 23 corridas, tornando-se o maior da história. Além disso, 2022 vai contar com a estreia do GP de Miami, em 8 de maio, enquanto Cingapura, Melbourne e Montreal estão de volta ao calendário oficial da modalidade depois de ficarem de fora no ano passado por conta da pandemia do Covid-19.

A final, entretanto, será definida em Abu Dhabi, assim como foi em 2021, em 20 de novembro.

A novidade para o regulamento da Fórmula 1 este ano fica por conta das mudanças na pontuação. Agora, a corrida precisa ter duas voltas sem o Safety Car ou Virtual Safety Car pelo líder para contar os pontos aos participantes. Se o primeiro colocado fizer duas voltas mas menos de 25% do que da distância, a pontuação será 6 pontos para ele, enquanto o segundo 4, o terceiro 3, o quarto 2 e o quinto colocado 1.

Depois, no caso do líder ter feito 25% da corrida, mas menos de 50% da distância programada aí será 13 pontos para ele, 10 para o segundo, 8 ao terceiro, 6 para o quarto, 5 para o quinto e assim sucessivamente até o nono com 1 ponto ganho.

Por fim, em caso de 50% mas menos de 75% da distância, ai a pontuação aumenta para 19 pontos, 14, 12, 9, 8, 6, 5, 3, 2 e 1 até o décimo colocado.

 

Leia também:

Quando vai começar a Fórmula 1 em 2022? Confira o calendário

Você pode gostar também