Fórmula 1: corrida nos EUA terá horário fora do horário tradicional da F1

Categoria retorna no dia 24 de outubro, para a realização do Grande Prêmio dos Estados Unidos.

Os fãs da F1 tradicionalmente estão acostumados a acordar cedo aos domingos para assistir as provas da categoria. No entanto, o torcedor pode deixar o despertador para mais tarde nas próximas semanas, pois a temporada engata três corridas de Fórmula 1 no horário do período da tarde. Saiba o motivo da mudança.

Qual horário da próxima corrida da Fórmula 1?

A próxima corrida da Fórmula 1 será realizada às 16h (horário de Brasília), no Circuito das Américas, em Austin, Estados Unidos. Após a temporada de 2021 realizar as etapas na Europa e Oriente Médio, a categoria atravessa o oceano e chega às Américas. Depois da prova na Terra do Tio Sam, as corridas acontecem no México e Brasil.

Por conta das mudanças de locais, o horário das etapas também se alteram. Os países europeus e do Oriente Médio possuem as horas adiantadas em relação ao Brasil. À exemplo na última corrida, no GP da Turquia. Enquanto a etapa começou às 9h (horário de Brasília), em terras turcas a largada ocorreu às 15h (horário local).

No próximo domingo, 24, os carros aceleram os motores em Austin a partir das 14h (horário local), por outro lado no país tupiniquim será às 16h. A situação se repete no dia 7 de novembro quando a categoria chega ao México. Já no dia 14, a etapa da Fórmula 1 ocorre no Brasil, mas às 14h do horário local.

Veja abaixo a programação do GP dos Estados Unidos:

Sexta-feira, 22 de outubro

Treino Livre 1 – 13h30

Treino Livre 2 – 17h

Sábado, 23 de outubro

Treino Livre 3 – 15h

Treino Classificatório – 18h

Domingo, 24 de outubro

Corrida da Fórmula 1 no GP dos Estados Unidos – 16h

Conheça o Circuito das Américas nos Estados Unidos

Com 56 voltas no Circuito das Américas de 5.513 quilômetros, os pilotos terão uma grande prova pela frente em 24 de outubro pela temporada 2021 do automobilismo. Com 20 curvas, a pista exige atenção, mas também muito cuidado em cada uma das ultrapassagens.

Projetado em 1978 por Hermann Tilke em colaboração com o escritório de arquitetura americano HKS, tornou-se a queridinha dos norte-americanos. No entanto, o circuito recebeu o seu primeiro Grand Prix apenas em 21 de outubro de 2012 com a vitória de Lewis Hamilton na McLaren, antes da mudança para a Mercedes em 2013.

O atual recorde pertence ao jovem Charles Leclerc, da Ferrari, sob o tempo de 1m36s169 em 2019. No próximo domingo, dia 24, esse recorde pode então ser quebrado a partir das 16h (horário de Brasília), na próxima corrida da Fórmula 1.

Circuito das Américas realiza próxima corrida da Fórmula 1, que será às 16h, horário de Brasília
Circuito das Américas realiza próxima corrida da Fórmula 1, que será às 16h, horário de Brasília – Foto: Reprodução/Fórmula 1
Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes