Messi avisa que não quer mais jogar no Barcelona, dizem jornais

O craque argentino Lionel Messi, de 33 anos,não deve mais jogar no Barcelona. Segundo a emissora TyC Sports e o jornal Olé, da Argentina, o maior jogador da história do clube catalão enviou um comunicado à diretoria oficializando sua decisão. A informação também foi confirmada pelo diário espanhol Marca, e já tinha sido adiantada pelo repórter Marcelo Bechler, do Esporte Interativo.

Messi teria enviado ao Barcelona um burofax, serviço de envio de documentos urgentes do correio da Espanha. No documento, o jogador comunica sua intenção de deixar o clube sem pagar a multa rescisória, que é de 700 milhões de euros (R$ 4,6 bilhões na cotação atual).

Contrato de Messi no Barcelona

O argentino tem contrato com o Barcelona até junho de 2021, mas uma cláusula permite sua saída de graça ao final desta temporada. O prazo para solicitar a rescisão, no entanto, expirou em junho. Ainda assim, o jogador pretende exercer esta opção, já que o calendário sofreu atrasos devido à pandemia do coronavírus.

- PUBLICIDADE -

O clube catalão, por outro lado, não deve abrir mão de receber o valor da multa. Segundo o jornal argentino Olé, a diretoria já prepara uma guerra judicial para não deixar que Messi se vá de graça. Em 16 temporadas no Barcelona, Messi somou 634 gols em 731 jogos, conquistando quatro Champions e dez títulos do Espanhol.

A insatisfação de Messi no Barcelona já vinha desde o começo do ano, quando o clube demitiu o técnico Ernesto Valverde. O argentino foi contrário à decisão. As rusgas com a diretoria se intensificaram durante a pandemia, com desentendimentos sobre a forma como o os dirigentes conduziram o corte de 70% dos salários dos jogadores.

Qual será o destino de Messi?

Além disso, a eliminação na Champions League após a goleada de 8 a 2 do Bayern de Munique fez com que Messi terminasse uma temporada sem troféus pela primeira vez na carreira. Para piorar, seu amigo Luís Suárez também está de saída do clube. Portanto, na reunião que teve com o novo técnico Ronald Koeman, o argentino adiantou que se via mais fora do que dentro do Barcelona.

Após o fim de sua era no Barcelona, Messi deverá buscar um projeto vencedor em outro clube. Os favoritos são o Manchester City, pelo fator Pep Guardiola, e a Inter de Milão, pois o fisco da Itália é mais amigável aos jogadores. Manchester United, PSG e até mesmo o futebol dos Estados Unidos também surgem como opções.

BarcelonaLionel Messi
Comentários (0)
Comentar