Neymar e Nike se separam após 15 anos; saiba o que muda

Após encerrar o contrato de patrocínio, Neymar anuncia sua permanência no PSG, time que tem a Nike como fornecedora de material esportivo

Enquanto curte as férias em Ibiza, na Espanha, Neymar tomou duas decisões importantes sobre o seu futuro. Depois que rompeu o contrato de patrocínio com a Nike, o jogador anunciou que vai ficar no PSG para a próxima temporada.

O fim do contrato de Neymar com a Nike foi confirmado pela marca no último sábado. Segundo informações do portal UOL, o jogador não aceitou os novos valores que foram oferecidos pela empresa. A partir desta segunda-feira, o atleta está livre para procurar outro fornecedor de material esportivo.

No entanto, Neymar não vai se livrar da Nike tão cedo. Afinal, a marca fornece material esportivo para a seleção brasileira. Além disso, tem contrato com o PSG até 2032. E o jogador já confirmou que vai ficar no clube francês por mais um ano.

Como fica o futuro de Neymar no PSG?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O contrato de Neymar com o PSG vai até 2022, mas o brasileiro tentou forçar sua saída no final da temporada passada. Ele queria voltar para o Barcelona. O clube francês, no entanto, exigiu o pagamento da multa de 222 milhões de euros. Sem acordo para sair, o brasileiro não teve outra opção a não ser ficar em Paris.

Mesmo sem esconder a insatisfação no começo, Neymar correspondeu em campo e acabou se reconciliando com o PSG. Com o tempo, recuperou a confiança do clube e dos torcedores. Além de ganhar tudo que foi disputado na França, o brasileiro foi figura chave na campanha do time na última Champions League. O time parisiense chegou à final pela primeira vez em sua história, mas não conseguiu parar o Bayern de Munique. Assim, o brasileiro ficou com “gostinho de quero mais”, e anunciou que vai tentar novamente.

“Vou ficar no PSG na próxima temporada, com a ambição de chegar novamente à final da Champions e ganhar” declarou Neymar à revista oficial do clube. A campanha de destaque no torneio continental fez o brasileiro virar candidato ao título de melhor jogador do mundo. E a parceria com Mbappé ainda promete render muito mais, pois o atacante francês sofreu uma lesão na reta final da temporada e não rendeu como o esperado na final contra o Bayern.

Com a permanência de Neymar no PSG, aumentam os rumores sobre uma possível chegada de Lionel Messi a Paris. Afinal, o craque está de saída do Barcelona, onde ganhou títulos ao lado do brasileiro. O time francês está entre os candidatos a contratá-lo, mas a transferência do argentino para Paris não é fácil, pois o Manchester City já saiu na frente na disputa.

Neymar e Nike se separam

No PSG, Neymar continuará vestindo a camisa da Nike. Mas a empresa norte-americana já não tem contrato individual com o jogador de 28 anos. O atacante firmou o acordo quando ainda estava na base do Santos, e a parceria durou 15 anos. No entanto, nas últimas campanhas da marca, ele já não vinha aparecendo.

Segundo a Folha de S. Paulo, o contrato atual é de 2011 e previa o pagamento de US$ 105 milhões pelos próximos 11 anos. O valor poderia aumentar de acordo com as conquistas de Neymar, e o prêmio de melhor jogador do mundo renderia um dos maiores bônus financeiros.

Neymar em anúncio para a Nike
Divulgação/Nike

Apesar de ter perdido Neymar, a Nike tem contrato vitalício com o português Cristiano Ronaldo, da Juventus, o jogador de futebol mais popular do Instagram. Já o astro Lionel Messi tem patrocínio da Adidas. Qual será, então, a próxima parceira do craque brasileiro?

De acordo com o site Diário do Peixe, que adiantou o rompimento de Neymar com a Nike, a Puma é a favorita a assinar com o atacante. Assim, o camisa 10 do PSG se juntaria a nomes como Usain Bolt e o amigo Lewis Hamilton no portfolio da marca alemã.

No entanto, além de continuar vestindo Nike por causa do uniforme do PSG, Neymar também usará as roupas da antiga patrocinadora na seleção brasileira. A CBF tem parceria de longa data com a empresa norte-americana.

Assim, pelo menos em campo, a nova parceira do craque aparecerá principalmente nas chuteiras. Sem falar nas campanhas publicitárias, produtos exclusivos e divulgação nas redes sociais, onde Neymar tem mais e 130 milhões de seguidores e fatura quase R$ 3 milhões por publicação no Instagram.

Informar Erro
Através da UOL Folha de S. Paulo Diário do Peixe

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes