Super Bowl: relembre os 10 melhores shows do intervalo

Beyonce, Michael Jackson, Prince, Lady Gaga e muito mais; confira algumas apresentações memoráveis do evento

Não há como negar que o Super Bowl integra a lista dos maiores eventos esportivos do mundo. Com duas grandes equipes disputando o título da temporada, a final da NFL conta também com o espetacular show do intervalo, conhecido como Halftime Show, agitando milhares de pessoas que acompanham seja no estádio ou em casa pela televisão. Grandes nomes da música receberam a responsabilidade de se apresentar na maior festa esportiva que movimenta milhões de dólares. Então, confira a seleção dos 10 melhores shows do intervalo no Super Bowl.

Michael Jackson foi o primeiro grande artista a se apresentar no Super Bowl

O príncipe do pop, Michael Jackson, estreou o show do intervalo do Super Bowl em 1993 em um compilado de grandes sucessos de sua carreira. Entre a seleção, estavam “Jam”, “Billie Jean” e “Black or White” com uma coreografia memorável incluindo cartazes no gramado com mensagens e passos de danças bem conhecidos do próprio cantor.

Além disso, Michael também cantou “We Are The World”, dedicando a canção para todas as crianças do mundo, enquanto a plateia mostrava desenhos feitos por crianças. Ao fim, encerrou com “Heal the World”.

U2 em homenagem às vítimas do 11 de Setembro

Em 2002 foi a vez do rock tomar conta do intervalo mais famoso do mundo. Sob um palco em formato de coração, Bono abriu ao som de “Beautiful Day”. Entretanto, a noite foi repleta de homenagens às pessoas que perderam a vida no 11 de Setembro. Enquanto a banda tocava “Where the Streets Have No Name”, o telão exibia nomes de todas as vítimas. Ao fim, “MKL” fechou o show que emocionou os americanos.

- PUBLICIDADE -

O polêmico show de Janet Jackson & Justin Timberlake em 2004

Depois de Michael Jackson, a irmã Janet também chegou aos palcos do Halftime. Entretanto, a apresentação chamou mais a atenção da mídia por uma pequena polêmica do que o próprio show em si. Com participações de Puff Diddy, Nelly e Kid Rock, o setlist incluiu hip hop, rock e pop.

Janet embalou os sucessos de “All for You”, “Rhythm Nation” e, para encerrar, convidou Justin Timberlake ao palco com o dueto de “Rock Your Body”. Entretanto, no final da canção, Justin “acidentalmente” expôs o seio de Janet enquanto arrancava uma parte de sua roupa. O debate em torno do assunto foi grande, principalmente se o cantor teria feito aquilo de proposito.

Paul Mccartney apresenta sucesso de Beatles em 2005

Depois da polêmica com Janet Jackson, a NFL decidiu escolher Paul McCartney, ex-Beatles, referência no rock clássico, para celebrar a festa em Jacksonville. O cantor começou com “Drive My Car”, embalando também sons como Get Back”, “Live and Let Die” e fechando com “Hey Jude”, grande sucesso dos Beatles.

 

- PUBLICIDADE -

Prince agita o Super Bowl em 2007

Sempre memorável em suas performances, a apresentação de Prince no Super Bowl em 2007 não poderia ser diferente. Com sua guitarra roxa, o cantor colocou todos os torcedores presentes para dançar ao som de “1999”, “Let’s Go Crazy”, “Proud Mary”, “All Along the Watchtower” e também, o maior sucesso de sua carreira, “Purple Rain”.

Leia também

VÍDEO: Tom Brady extrapola em comemoração e sai carregado

Com Tom Brady, Buccaneers ganha o Super Bowl 2021

Madonna se apresenta em 2012 com polêmica

A rainha do pop não poderia ficar fora da lista. Com os maiores hits incluídos, Madonna fez a festa no Lucas Oil Stadium, em Indiana. Ao som de “Vogue”, a cantora chegou ao palco em um trono dourado acompanhado de dançarinos. Ademais, em coreografias impecáveis, “Music” entrou em cena com escadarias coloridas, seguindo com a aparição do LMFAO com sucessos de “Party Rock Anthem” e “Sexy And I Know It”.

Depois, com a participação de Nicki Minaj e M.I.A, a estrela cantou “Give Me All Your Luvin”, estreando o seu novo álbum. A performance, entretanto, também gerou controvérsias depois que M.I.A mostrou o dedo médio para as câmeras rapidamente. Encerrando aos 12 minutos, Madonna cantou “Like A Prayer” com CeeLo.

Beyonce leva Destiny’s Child ao palco do Super Bowl em 2013

- PUBLICIDADE -

Com um mix de “Love on Top” e “Crazy in Love”, Beyonce incendiou o palco do Super Bowl em 2013 para uma performance incrível em uma mistura de sucessos de sua carreira, coreografias sincronizadas com grupos de dançarinas e membros da banda, colocando todo o público para dançar. Além disso, o show ficou marcado por marcar o retorno da Destiny’s Child, antigo grupo de Beyonce com Kelly Rowland e Michelle Williams. Ao som de “Bootylicious”, “Independent Women” e “Single Ladies”, o trio trouxe muitas lembranças aos fãs.

Katy Perry bate recorde no Super Bowl em 2015

A americana animou o público do começo ao fim em 2015. Com hits memoráveis no setlist e efeitos especiais, Katy teve o show do intervalo do Super Bowl mais assistido da década. Montada em um grande tigre, “Roar” foi a primeira música. Além disso, “Dark Horse”, “I Kissed a Girl” com a participação de Lenny Kravitz, “Teeneage Dream” e “California Gurls”. Katy também trouxe ao palco Missy Elliot com “Get Ur Freak On”, “Work It” e “Lose Control”.

- PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes