Semifinais da Champions: raio-x dos confrontos e onde assistir

Faltam apenas três jogos para definir o campeão do torneio, que conhecerá pelo menos um finalista inédito após as semifinais da Champions

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a fase final da Liga dos Campeões de 2019/2020 foi transformada em um minitorneio a partir da quartas de final, com jogos únicos definindo os classificados. Assim, a primeira rodada neste formato excepcional foi um concentrado de emoções, surpresas e gols. E as semifinais da Champions League prometem repetir a dose ao longo desta semana.

O torneio terá pelo menos um finalista inédito, pois o RB Leipzig eliminou o Atlético de Madri e vai decidir uma das vagas contra o Paris Saint-Germain, que também nunca chegou à decisão. No outro lado da chave, o Lyon surpreendeu o Manchester City e então vai encarar o poderoso Bayern de Munique, embalado após a goleada sobre o Barcelona.

Os dois jogos das semifinais da Champions League serão realizados em Lisboa, com os portões fechados ao público. Em caso de empate, haverá prorrogação e, se necessário, disputa de pênaltis. A grande final está marcada para o próximo domingo, dia 23 de agosto, às 16 horas, no Estádio da Luz. Veja a seguir tudo o que você precisa saber sobre cada confronto e saiba onde assistir aos jogos.

Semifinais da Champions

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

RB Leipzig x Paris Saint-Germain

Brasiliros Neymar e Marquinhos são destaques do PSG nas semifinais da Champions
Brasiliros Neymar e Marquinhos são destaques do PSG nas semifinais da Champions (UEFA.com)

Onde assistir?

  • Quando: Terça-feira, 18 de agosto, às 16h
  • Onde: Estádio da Luz, em Lisboa
  • Como assistir: TNT, Facebook do Esporte Interativo e EI Plus

Mesmo depois da saída do atacante Timo Werner, que era a principal referência da equipe, o RB Leipzig se manteve ajustado e contou com outros talentos desenvolvidos nos times pertencentes ao grupo. Assim, conseguiu fazer 2 a 1 sobre o Atlético de Madri e obteve a vaga inédita nas semifinais da Champions.

Um deles é o austríaco Marcel Sabitzer, que veio do Red Bull Salzburg e comandou o meio-campo contra o Atlético de Madri. Autor do gol da vitória, o norte-americano Tyler Adams veio do New York Red Bulls. E o zagueiro francês Dayot Upamecano foi eleito o melhor em campo na classificação histórica.

Agora, no entanto, Upamecano terá a difícil missão de marcar um ataque formado por Neymar. Icardi e Mbappé. Contra a Atalanta, nas quartas, eles tiveram dificuldades, e só conseguiram a vitória de virada por 2 a 1 com dois gols dramáticos nos acréscimos. Neymar foi eleito o melhor em campo e avisou que o PSG vai brigar pelo título.

Afinal, foi investido muito dinheiro neste elenco, e o time francês ainda não tem o título continental. A última aparição do PSG na nas semifinais da Champions havia sido em 1995. Naquele ano, o RB Leipzig ainda nem existia, pois o clube alemão foi fundado em 2009. Em 2020, um deles será finalista do torneio pela primeira vez.

Lyon x Bayern de Munique

Bayern de Munique chega às semifinais da Champions com Lewandowski como artilheiro
Bayern de Munique chega às semifinais da Champions com Lewandowski como artilheiro (UEFA.com)

Onde assistir?

  • Quando: Quarta-feira, 19 de agosto, às 16h
  • Onde: Estádio José Alvalade, em Lisboa
  • Como assistir: TNT, Facebook do Esporte Interativo e EI Plus

Depois de eliminar a Juventus de Cristiano Ronaldo, o jovem time do Lyon montado pelo ídolo Juninho Pernambucano teria o desafio de encarar o Manchester City. Recheado de craques e comandado por Guardiola, o time inglês estava entre os favoritos ao título. Mas fez um jogo abaixo da média nas quartas de final e foi engolido pelo time francês treinado por Rudi Garcia.

Além de Maxwel Cornet, que abriu o placar, e Moussa Dembelé, que fez os dois gols que definiram a vitória por 3 a 1, o grande destaque do Lyon contra o Manchester City foi o francês Houssem Aouar. Ele orquestrou o meio-campo do time ao lado do brasileiro Bruno Guimarães. O Lyon também tem como referência no ataque o holandês Memphis Depay, que foi decisivo contra a Juventus.

Na próxima fase, o Lyon precisará de uma façanha ainda maior contra o Bayern de Munique, algoz da única vez em que o time francês chegou às semifinais da Champions, em 2010. Nesta edição, o gigante alemão desponta como o grande favorito ao título depois do massacre de 8 a 2 aplicado sobre o Barcelona.

O ataque liderado pelo polonês Robert Lewandowski marcou nada menos do que 39 gols em apenas nove jogos nesta edição da Liga dos Campeões. Mas o grande destaque do time é o coletivo. Müller, Perisic, Gnabry, Goretzka, Coutinho… Enfim, o que não falta no Bayern é craque para empurrar a bola para a rede. E isso o time treinado por Hans-Dieter Flick já mostrou que sabe fazer muito bem.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes