Tiago Nunes no Corinthians: qual é a situação do técnico e o que dizem os números

Em nove meses no Corinthians, o treinador Tiago Nunes tem convivido com frequentes cobranças sobre o desempenho do time

Em nove meses no Corinthians, o treinador Tiago Nunes tem convivido com frequentes cobranças sobre o desempenho do time. A cada nova derrota, aumentam os rumores sobre sua possível demissão.

Mas será que as estatísticas de Tiago Nunes no Corinthians justificam tamanha pressão? Independentemente dos resultados, o principal motivo para a desconfiança da torcida é o futebol pouco vistoso apresentado pela equipe. Pelo menos esta é a visão da diretoria do clube.

“Podia estar rendendo um pouco mais”, admitiu o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves sobre o desempenho do Corinthians nas mãos de Tiago Nunes. Ao comentar a cobrança da diretoria, o técnico considerou “normal” e lembrou que tanto os torcedores quanto os dirigentes esperam que o time jogue bem sempre.

“Não vai acontecer todo jogo, mas estamos nos esforçando ao máximo para achar uma regularidade não só de resultados mas também de atuação”, emendou o treinador. Além de ajustar o tme, Tiago Nunes ainda precisa lidar com a questão dos salários atrasados, e defende a diretoria: “Não existe constrangimento, até porque temos uma convivência muito tranquila e transparente com a direção”.

Pressão sobre o treinador

Não bastassem as cobranças da torcida e da diretoria, Tiago Nunes também é alvo de constantes críticas do comentarista e ex-jogador Neto, ídolo do Corinthians. Segundo o apresentador da Band, a diretoria alvinegra já tem até um favorito para assumir o cargo em caso de demissão do técnico.

Neto apontou que Mano Menezes é o preferido do presidente Andrés Sanchez para substituir Tiago Nunes. Outro nome citado foi o do espanhol Miguel Ángel Ramírez, do Independiente del Valle. Mas, por enquanto, a diretoria do Corinthians afasta qualquer possibilidade de trocar o comando da comissão técnica.

De acordo com Neto, “todo mundo está insatisfeito com o trabalho do atual técnico corintiano”. Pesam contra Tiago Nunes a eliminação na pré-Libertadores contra o Guarani do Paraguai e a derrota na final do Paulistão contra o maior rival, o Palmeiras.

Números de Tiago Nunes no Corinthians

No geral, os números de Tiago Nunes no Corinthians também não estão dentro do que a torcida espera. Em 24 partidas, o técnico somou nove vitórias, nove empates e seis derrotas. Assim, conquistou apenas metade dos pontos disputados. O aproveitamento de 50% ainda está abaixo dos 50,7% registrados na segunda passagem de Fábio Carille pelo clube.

Em 2020, o ataque do Corinthians balançou as redes 30 vezes, enquanto a defesa sofreu 21 gols. A principal crítica ao trabalho de Tiago Nunes, contudo, é a falta de um padrão de jogo. Afinal, o técnico só repetiu a escalação sete vezes em 24 jogos.

Tiago nunes comanda treino
Rodrigo coca/agência corinthians

Para dar a volta por cima e afastar os rumores sobre sua demissão, Tiago Nunes sabe o que é preciso: fazer o time jogar, vencer e convencer. Para isso, ele conta com a chegada do venezuelano Otero, que entrou bem no time e deu a assistência para o gol da vitória contra o Goiás pelo Brasileirão.

No entanto, Otero enfrenta forte concorrência no meio de campo, que já conta com nomes como Luan, Ramiro, Araos e Mosquito. Além disso, nas coletivas, o técnico já avisou que pretende encontrar o ajuste ideal para que Luan volte a render como nos tempos de Grêmio, pois o camisa 7 foi uma das principais contratações do Corinthians para a temporada de 2020.

Histórico de Tiago Nunes

Assim, não faltam opções para Tiago Nunes achar o encaixe perfeito no elenco do Corinthians. O técnico chegou ao clube justamente por causa do bom trabalho realizado no Athletico, onde mostrou um futebol ofensivo e competitivo. Dessa forma, conquistou os títulos da Copa do Brasil e da Sul-Americana pelo time paranaense.

Tiago Nunes começou a carreira de treinador em 2005, no São Luiz de Ijuí (RS). Na época, ele tinha apenas 25 anos. Após rodar por clubes menores, passou pelo sub-20 do Grêmio e chegou ao Athletico em 2017, após se destacar no Veranópolis, ao levar o clube do interior à fase final do Gauchão.

Em Curitiba, Tiago passou a comandar o elenco sub-23, ajudando a revelar jogadores como Bruno Guimarães e Renan Lodi, que hoje estão no futebol europeu. Logo no ano seguinte, após a saída de Fernando Diniz, ele assumiu o time principal do Furacão. Assim, ele passou a apostar nos jovens e mudou a cara do time, que fez história. Seu desafio, agora, é repetir a dose no Corinthians.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.