Saiba como organizar as finanças em 2021

Para começar, conheça bem suas receitas e despesas observando cuidadosamente seus gastos.

É importante também tentar cortar custos fixos, substituir dívidas com juros mais altos e começar a adquirir o hábito de poupar.

O ano de 2020 não tem sido fácil do ponto de vista financeiro, já que muita gente perdeu o emprego ou teve que se reinventar em meio à crise. E se você tem vivido uma situação complicada com o dinheiro, está mais do que na hora de aprender como organizar as finanças para começar um novo ano melhor. 

Primeiramente, vamos falar sobre o básico: é preciso conhecer bem suas receitas e despesas. Quem não sabe quanto entra na conta nem quanto gasta, corre sempre o risco de ficar no vermelho. Comece já a colocar no papel, em uma planilha ou aplicativo os seus gastos fixos e suas entradas. 

A partir daí, veja se é possível cortar algo ou substituir gastos maiores por menores. As dívidas também devem ser consideradas. Se você está devendo, é preciso saber quanto está pagando de juros e avalie a possibilidade de trocar dívidas mais caras por mais baratas. Pode ser o caso de pegar um empréstimo pessoal, por exemplo, para quitar a dívida do cartão de crédito.

 

Como organizar as finanças com renda extra?

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Um ponto importante é que ao conhecer bem suas receitas e despesas, você vai entender se a vida financeira em desordem porque realmente falta dinheiro ou não. Se faltar, será preciso ir atrás de renda extra para organizar as finanças.

Liste, por exemplo, os freelas que você poderia fazer para complementar o rendimento. Vale desde dar aulas de algo que você saiba bem até vender aquele bolo que faz sucesso. Tentar melhorar o currículo e conseguir um salário maior também é outra possibilidade para o ano.

Outra alternativa é sugerida por Thiago Martello, educador financeiro da Martello Educação Financeira. Ele recomenda que no lugar dos gastos com promoções no fim de ano, a família faça o contrário: foque em ganhar com a venda das coisas que não usa mais.

“Reúna a família toda para vasculhar a casa e achar produtos que não foram usados nos últimos seis meses. Tudo pode ser colocado à venda para arrecadar dinheiro e tornar o começo de ano melhor. Às vezes as pessoas têm um monte de coisas que não usam em casa e elas podem ser vendidas em sites como Mercado Livre, OLX e Enjoei para ajudar nas finanças”, explica.

organizar as finanças
Imagem: Reprodução / Unsplash

Outros pontos importantes a considerar

 

Para saber como organizar as finanças para o próximo ano, você também deve considerar outros pontos. O primeiro é começar a formar uma reserva de emergência assim que possível. É ela que possibilitará passar por momentos mais complicados sem ter que pedir empréstimos ou se endividar por exemplo. Para isso é preciso começar a guardar, mesmo que seja um pouco por vez. 

Também não dá para organizar as finanças sem estabelecer planos e metas. Pense nos objetivos que você tem para o seu dinheiro e isso tornará mais fácil continuar a guardar de forma frequente. 

Finalmente, uma vez que você consiga seguir as indicações anteriores e já não tenha dívidas para quitar, é importante começar a investir o dinheiro. Para esse passo é essencial conhecer seu perfil de investidor e se informar muito bem sobre as alternativas no mercado. Se for preciso, busque especialistas para ajudar nesta tarefa!

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes