Carteira recomendada tem ações do BB, Cosan, Gerdau e mais

Nas carteiras recomendadas desta semana se destacam ações do Banco do Brasil, Cosan, Gerdau, Magazine Luiza, RaiaDrogasil e Via Varejo. Confira as recomendações de cinco corretoras separadas pelo Jornal DCI.

Nas carteiras recomendadas desta semana destacam-se ações do Banco do Brasil, Cosan, Gerdau, Magazine Luiza, RaiaDrogasil e Via Varejo. Elas contaram com duas indicações dentre as carteiras semanais monitoradas.

A saber, as corretoras separadas são: Ativa Investimentos, Guide Investimentos, Mirae Asset, MyCap Investimentos e Terra Investimentos. Suas sugestões valem até o dia 27 de novembro, sexta-feira.

Nesse sentido, uma carteira recomendada nada mais é do que um conjunto de ativos sugeridos para um investidor. Nas carteiras semanais de ações são indicados papéis considerados potenciais ao longo desse período.

Banco do Brasil – Carteira recomendada

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Banco do Brasil está nas carteiras semanais de ações das corretoras MyCap e Terra Investimentos. A instituição financeira é constituída em sociedade de economia mista, com participação do Governo Federal. Fundada em 1808, foi a primeira empresa listada em Bolsa de Valores no Brasil.

Conforme aponta relatório da MyCap: “ativo vem de forte pernada de alta e se manteve acima de ponto importante de diário acima de média exponencial de 200 pregões nos 34,10”.

Cosan

Ativo da Cosan foi indicado pela Ativa Investimentos e pela Mirae Asset. O grupo investe em agronegócio, distribuição de combustíveis, energia e logística. É dono das companhias Raízen, Compass Gás e Energia, Moove e Rumo.

“No gráfico semanal, ativo segue em busca dos topos recentes 86,11 e 91,96” diz texto da Ativa. Ao passo que a Mirae Asset aponta que “No geral, os segmentos de atuação mostraram queda de receita em relação ao 3T19, decorrente dos impactos do covid-19, mas significativo aumento em relação ao 2T20, indicando que a recuperação vem ocorrendo”.

Gerdau

A Gerdau foi recomendada pelas corretoras Mirae Asset e Terra Investimentos. Atua na produção e fornecimento de aço e minério de ferro. A siderúrgica tem ações listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

De acordo com relatório da Mirae Asset os resultados do terceiro trimestre de 2020 da empresa superaram as expectativas do mercado. “A forte retomada da construção civil no Brasil, aumento de preços para o aço e o dólar valorizado foram determinantes para forte evolução do faturamento da empresa” diz o texto.

Magazine Luiza

Já a Magazine Luiza está nas carteira recomendadas da Mirae Asset e MyCap Investimentos. A varejista de eletrônicos e móveis, conta com mais de 1000 lojas físicas distribuídas em 21 estados do país. Além disso, tem uma forte atuação e-commerce.

A MyCap explica que “ativo apesar da queda recente vai sustentando acima de suporte importante nos 23,88”. Bem como, a Mirae Asset chama atenção para o sucesso do e-commerce da empresa: “o e-commerce formal brasileiro cresceu 43,5% no 3T20 e a Magalu foi além, cresceu mais que o triplo do mercado, e consolidou a liderança no e-commerce formal”.

RaiaDrogasil

Então, a RaiaDrogasil é indicação da Ativa e da MyCap Investimentos. A empresa foi criada em 2011 a partir da fusão entre Raia S.A. e Drogasil S.A. Conta com mais de 2.100 lojas em 23 estados brasileiros.

“Fechou último pregão com engolfo de alta, após importante repique em região de média
de 21 pregões de diário” indica texto da MyCap. Já a Ativa aponta que “no gráfico semanal, ativo ficou acima do triângulo simétrico, apoiado na média de 20 e de 8”.

Via Varejo

Papéis da Via Varejo fazem parte das carteiras recomendadas da Mirae Asset e da Terra Investimentos. A empresa administra as Casas Bahia e o Pontofrio, duas varejistas brasileiras do ramo de eletroeletrônicos e móveis. Assim como, é responsável pela fábrica de móveis Bartira e pela plataforma de e-commerce do Extra.

A Mirae Asset comenta sobre os números do terceiro trimestre de 2020 que a empresa obteve: “foi um excelente resultado, acima da expectativa, com entrega de crescimento operacional e de aumento de margens e esperamos que a empresa continue apresentado forte crescimento nos próximos trimestres, já a partir do 4T20”.

Veja então as carteiras recomendadas das cinco corretoras monitoradas. Bem como, suas modificações.

Gráfico de ações e lupa
(Foto: Freepik/reprodução)

Ativa Investimentos – Carteira recomendada

Em princípio, a carteira recomendada da Ativa Investimentos teve quatro mudanças. Retirou papéis da Rumo, Qualicorp, AES Tietê e Klabin. E inseriu

  • IRB Brasil RE (IRBR3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Smiles (SMLS3)
  • Le Lis Blanc (LLIS3)
  • RaiaDrogasil (RADL3)

Guide Investimentos

Em seguida, a corretora Guide Investimentos também contou com duas alterações.Foram retirados ativos da Cosan e da PetroRio, e adicionados Petrobras e Yduqs.

  • Centauro (CNTO3)
  • Itaúsa (ITSA4)
  • Movida (MOVI3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Yduqs (YDUQ3)

Mirae Asset

A Mirae Asset excluiu ativo do Banco Inter e MRV, e incluiu Bradesco e Gerdau.

  • Bradesco (BBDC4)
  • Cosan (CSAN3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Indústrias Romi (ROMI3)
  • JHSF (JHSF3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Randon (RAPT4)
  • Vale (VALE3)
  • Via Varejo (VVAR3)

MyCap Investimentos

A carteira semanal da MyCap Investimentos retirou ativos da Petrobras, Marfrig, Alpargatas e Bradespar. Ao passo que, incluiu ações do Banco do Brasil

  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • RaiaDrogasil (RADL3)
  • MRV (MRVE3)

Terra Investimentos

Por fim, a carteira recomendada da Terra Investimentos retirou ação do Carrefour e inseriu Gerdau.

  • Marfrig (MRFG3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Via Varejo (VVAR3)
  • TIM (TIMP3)

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes