5 times do futebol italiano aderem ao Sorare

Fantasy game, espécie de Cartola FC, permite trocar cartões digitais de jogadores na forma NFT

O campeonato italiano de futebol, um dos mais tradicionais do mundo, vai contar com mais cinco representantes no ramo crescente das NFTs (tokens não fungíveis). Com o anúncio de que Cagliari, Sampdoria, Gênova, Udinese e Hellas Verona estão se juntando ao fantasy game da plataforma digital Sorare, o total já chega a 11 dos 20 times da liga italiana. Além deles, a Sorare já tem outros gigantes da Europa, como Liverpool, Real Madrid e Bayern de Munique.

O fantasy game da Sorare, uma espécie de “Cartola FC em blockchain”, permite a usuários trocar cartões digitais de jogadores na forma NFT no blockchain da Ethereum. Além disso, o usuário pode montar seu time “criando suas escalações, selecionando o capitão e ganhando pontos com base em desempenhos da vida real”. 

A plataforma da startup francesa já conta com 135 clubes licenciados oficialmente, além dos europeus, dos Estados Unidos e da Ásia, que adotaram a novidade para gerar receita adicional e mais uma ferramenta para envolvimento com fãs pelo mundo todo. A Sorare levantou US$ 50 milhões em financiamento da Série A (liga italiana), em fevereiro deste ano, liderado pela empresa de capital de risco Benchmark e incluindo investimentos de jogadores famosos como Gerard Piqué, Rio Ferdinand, Oliver Bierhoff e Antoine Griezmann.

CR7, dono do cartão digital mais caro

O jogador português Cristiano Ronaldo, que fez história no Real Madrid e atualmente joga pelo Juventus, não só é um dos recordistas da conquista do prêmio de melhor do mundo, o Bola de Ouro, com cinco troféus (atrás apenas do argentino Lionel Messi, com seis), como também o dono do cartão digital mais caro negociado na Sorare. O card do atleta foi comprado por US$ 290 mil (cerca de R$ 1,6 milhão), conforme anunciou a plataforma pelo Twitter no dia 14 de março.

Enquanto a Sorare parece avançar no domínio do futebol, outras plataformas buscam seu espaço junto ao mercado esportivo de NFTs. Caso da NBA Top Shot, plataforma concorrente do ethereum, com produtos da Liga de Basquete norte-americana. Criada pela Dapper Labs, a plataforma arrecadou US$ 305 milhões em uma rodada liderada pela empresa de investimentos focada em tecnologia Coatue, avaliando a startup de apenas três anos em US$ 2,6 bilhões, segundo a Forbes. 

Você pode gostar também
buy cialis online