Comprar ouro vale a pena? Saiba como investir com segurança

O metal precioso tem seus fãs, e inclusive os Bancos Centrais continuam estocando. É possível comprar no conforto de sua casa, inclusive na forma de criptoativos. Desta maneira, conta-se com a transparência e segurança trazida pelo blockchain.

0 693

Sabemos que o ouro é um metal precioso e sinônimo de dinheiro há milênios. Além do uso ornamental, o ouro já foi um dos principais meios de troca, que serviu de base para o que hoje chamamos de dinheiro.No entanto,  recentemente alguns países como o Canadá esvaziaram completamente suas reservas. Mas vale a pena comprar ouro?

A verdade é que manter um estoque de ouro deixou de ser uma obrigação para os países desde 1971, com o fim do acordo de Bretton Woods. Muito embora, o costume e o valor do investimento ainda permaneça. O motivo? Escassez e dificuldade em se encontrar e extrair o metal precioso.

Ao contrário do que se imagina, apenas 11% do ouro minerado é destinado ao uso industrial. Dito isso, metade vai para jóias e ornamentos, enquanto os outros 39% são divididos entre os investidores, Bancos Centrais, Fundo Monetário Internacional (FMI) e similares.

Calma, não precisa sair na rua procurando alguém vendendo ouro. Primeiramente, é possível comprar no conforto de sua casa, inclusive na forma de criptoativos. Desta maneira, conta-se com a transparência e segurança trazida pelo blockchain.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Saiba também o que é blockchain e quais as aplicações desta tecnologia

Quanto rende investir em ouro?

Ouro, assim como ações de empresas listadas em bolsa de valores, é um investimento em renda variável. Desta forma, o lucro ocorre através da valorização em sua cotação. Não há previsibilidade ou garantia de retorno.

No entanto, o ouro é durável, portátil, divisível, e escasso. São essas qualidades que tornam o metal desejado, portanto valorizado.

Outra grande vantagem é ser cotado em moeda forte. Justamente por ser negociado em Dólar nas principais bolsas de valores, o ouro atua como proteção em caso de desvalorização do Real brasileiro.

gráfico da cotação do ouro em Reais brasileiros

O gráfico acima indica que a grama do ouro apresentou uma alta de 150% desde o início de 2018. De tal maneira, o metal precioso tende a valorizar mais em períodos de crise ou incerteza.

Como investir em ouro?

pessoas segurando placa de compro ouro em rua comercial

A primeira coisa que deve ser analisada é a procedência, a qualidade do ouro. Por se tratar de um bem valioso, existem pessoas e empresas que tentam enganar compradores.

O ouro falso não se resume a pequenos vendedores independentes. Assim sendo, em junho de 2020 estourou um escândalo de ouro falso na China, no valor de 2,8 bilhões de Dólares.

Por este motivo recomendamos comprar ouro somente de fontes seguras e reconhecidas. Deste modo, no Brasil, é possível comprar ouro físico em distribuidoras de valores reguladas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Onde guardar ouro?

Guardar ouro de forma segura não é uma tarefa simples. Por este motivo, ganharam espaço as compras através de fundos de investimento. Outro método seguro são compras de contratos futuros negociados em bolsa de valores. Sem dúvida, ambos são extremamente seguros, no entanto, contam com taxas de custódia, referente ao armazenamento deste ouro.

Desta maneira, vejo com bons olhos as stablecoins lastreadas em ouro. Em suma, são criptoativos que só podem ser criados quando o emissor faz a compra do ouro de forma simultânea. Ou seja, cada onça-peso de ouro representada pelo token possui uma reserva de igual valor em custódia de ouro físico.

PAX Gold (PAXG), a stablecoin do ouro

Este criptoativo lastreado em ouro é devidamente auditado e regulado nos Estados Unidos, e reconhecido como um bem digital no Brasil. Desta forma, é necessário a declaração em Imposto de Renda, além do pagamento de tributos dependendo do montante a ser vendido.

A PAX Gold (PAXG) é a stablecoin do ouro administrado pela empresa Paxos, cuja negociação no mercado brasileiro é liderado pela corretora de criptomoedas Mercado Bitcoin. Diante disso, é possível comprar frações de criptoativos, ou seja, investimentos a partir de R$ 100.

Fundos de investimento em ouro compensam?

investidor acompanhando três telas de computadores com gráficos de cotação

Sim, investir em ouro através de fundos de investimento é um bom veículo, pois tais fundos são constantemente regulados e fiscalizados. Mediante o exposto, no final de 2019 alguns dos maiores administradores no país reduziram as taxas de administração dos fundos de ouro para 0,10% ao ano.

Pode parecer uma barganha, no entanto, estes fundos pagam taxas de corretagem, registros na Comissão de Valores Mobiliários, contadores, auditorias, além dos encargos de custódia. Por conseguinte, estes valores são deduzidos da rentabilidade do fundo, portanto não transparecem na taxa de administração.

Tendo isto em mente, o investimento em ouro físico, ou através de criptoativos, como esta PAX Gold (PAXG) do Mercado Bitcoin, acabam saindo mais em conta.

Contrato futuro de ouro é seguro?

Sim. No entanto, manter uma posição de maior prazo não compensa via contrato futuro. Neste instrumento o investidor está sujeito às taxas de custódia (armazenamento) cobradas pelas distribuidoras, ou da própria bolsa de valores.

De qualquer maneira, deve-se sempre procurar uma corretora ou distribuidora de valores devidamente autorizada frente aos reguladores. Inclusive, dependendo do volume, é possível solicitar o resgate físico destas barras de ouro.

Desta forma, recomendamos analisar com critério cada instrumento antes de investir em ouro, porém saiba que é um investimento seguro, e recomendado por gestores de sucesso, como Ray Dalio, Mark Mobius, e Paul Tudor Jones.
Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes