Derivativos de Bitcoin no valor total de R$ 34 bi vencem nesta sexta

Analistas sugerem que volume pode adicionar maior pressão de venda de curto prazo e levar volatilidade aos mercados

Analistas estão sugerindo que um recorde de US$ 6 bilhões (algo em torno de R$ 34 bilhões) em derivativos de Bitcoin com vencimento nesta sexta-feira, 26, pode adicionar mais pressão de venda de curto prazo e volatilidade aos mercados.

De acordo com a plataforma de dados de derivativos Bybt, mais de US $ 5,5 bilhões em contratos de opções com vencimento hoje, e vencimentos anteriores, impactaram os mercados de varejo e teriam sido responsáveis pela queda de 10% do Bitcoin na quinta, 25.

As opções são um pouco como os futuros, no sentido de que os contratos de derivativos dão aos negociantes o direito, mas não a obrigação, de vender ou comprar um ativo por um preço predeterminado.

No entanto, o analista de criptomoedas Marcel Pechman não vê  relação direta entre o vencimento de derivativos e o preço do Bitcoin no mercado, seja em termos de alta ou baixa, já que a mesma especulação existia com relação aos futuros de Bitcoin da CME, a Bolsa de Chicago.

Preço

A última sexta-feira do mês foi significativa para os preços do Bitcoin, uma vez que ele caiu uma média de 2% na semana anterior às sextas-feiras dos últimos três meses, de acordo com o The Defiant .

No caso do fechamento do mercado de opções, dados da Bybt indicam que 90% dos contratos em aberto vêm da plataforma de derivativos Deribit, e o nível de “dor máxima” é de $ 40.000.

Os contratos em aberto referem-se ao número total de contratos de derivativos em aberto que não foram liquidados. A dor máxima é o preço pelo qual os vendedores das opções devem a menor quantia de dinheiro aos compradores das opções.

Entretanto, independentemente do vencimento dos derivativos impactarem o preço do BTC, os cofundadores da plataforma de análise Glassnode, Jan e Yann, acrescentaram que as expectativas de preço para abril são altas.

Depois da quinta-feira, 25, quando o BTC caiu abaixo de $ 51.000 (equivalente  R$ 297 mil), a criptomoeda recuperou algum terreno e atualmente está perto de $ 53.500 (R$ 305 mil).

Nesta semana, o preço do ativo atingiu uma alta intradiária de mais de $ 57.000 (R$ 317 mil) e embora a situação parecesse bastante otimista, os ursos assumiram o controle e levaram o bitcoin para a queda e, nas 24 horas seguintes, a criptomoeda caiu em $ 7.000 para um mínimo de $ 50.300.

Especialistas temiam que o BTC pudesse despencar abaixo de US $ 50.000 pela primeira vez desde o início de março mas o ativo se recuperou e uma nova alta para Abril, como disseram os analistas da Glassnode, voltou ao jogo.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.