Elon Musk sugere rompimento com Bitcoin e criptomoedas recuam

Tuíte de dono da Tesla publicado em tom de brincadeira atingiu em cheio o mercado, que chegou a cair até 7%

O bitcoin voltou a registrar queda, que chegou a 7%, nesta sexta-feira, 4, após tuíte do CEP da Tesla, Elon Musk. Na noite de quinta-feira, 3, o bilionário postou uma imagem fazendo referência a uma música do Linkin Park, com a legenda #Bitcoin e um emoji de coração partido. 

O texto da imagem, com um casal sentado em lados opostos de um sofá, diz: “Ela: eu sei que eu disse que estaria tudo acabado entre nós se você citasse outra música do Linkin Park, mas eu encontrei outra pessoa/Ele: Então, no final, isso nem importa (trecho da canção)”.

Em seguida, não satisfeito em causar (mais um) alvoroço no mercado de criptomoedas, Musk publicou um meme em que duas pessoas conversam online e a menina pergunta ao menino a razão pela qual ele está chorando. Ele diz que é de saudades dela, mas na tela do computador dele a imagem foi substituída por um gráfico em queda.

As “molecagens” de Elon Musk mais uma vez foram criticadas por especialistas do mercado financeiro e investidores de criptomoedas, reforçando a acusação de que o bilionário age dessa forma para manipular o mercado. 

Elon Musk e o preço do Bitcoin

Pablo Spyer, diretor de operações da EQI Investimentos, comentou a situação no “Minuto Touro de Ouro” desta manhã. “O brincalhão dos bitcoins ataca de novo”, disse.

Outros, como um perfil identificado como Manan Sharma, foram mais incisivos: “Você está bagunçando muitas vidas cara. Alguns de nós (como eu) empurram carrinhos no Walmart durante a pandemia por um salário mínimo para poder comer e dormir bem. Nossas economias estão nisso. Eu te respeito pelo que você faz pela humanidade, mas isso está sufocando muita gente”, escreveu.

Culpa de Elon Musk ou não, o fato é que, apesar da variação para cima, o mercado de criptomoedas opera com baixa nas últimas 24 horas, em sua maioria. O bitcoin, nos dados do CoinGecko, é negociado a pouco mais de US$ 36,9 mil, queda de 5%; enquanto o ether (ETH) acumula baixa de 5,8%, operando em US$ 2.676.

Nessa linha, até a Dogecoin, criptomoeda que teve uma valorização enorme no ano depois de receber apoio de Musk, caiu 7,5%, ainda que acumule alta de 11,8% nos últimos sete dias, sendo negociada a US$ 0,37.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes