O que é mineração de Bitcoin e como funciona?

Saiba o que é essa atividade que atrai a atenção de investidores para a moeda digital e como lucrar com isso

0 637

Com a popularização do Bitcoin, certamente você já se deparou com uma outra expressão que quase sempre aparece em dueto com a criptomoeda: minerar Bitcoin. E saber como funciona a mineração é importante se você está pensando em começar nesse universo. Mas de onde vem a moeda e o que é minerar Bitcoin?

O termo “mineração” evoca imagens de homens cobertos de poeira rastejando por túneis em busca de ouro, certo? Porém, a atividade de minerar Bitcoin, apesar do nome, não poderia estar mais longe deste cenário. Veja abaixo o que é mineração e como funciona.

 

Como funciona uma criptomoeda?

Primeiramente precisamos falar sobre as moedas digitais, que são como uma moeda física, porém originadas e usadas especialmente em transações virtuais.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Elas funcionam da mesma forma que o dinheiro de papel, sendo possível adquirir bens, serviços e realizar pagamentos em empresas físicas ou virtuais que as aceitem. Usando como exemplo o Bitcoin, a mais popular e interessante das criptomoedas, o que o torna valioso é a sua escassez no mercado e relativa dificuldade em ser obtido, fazendo com que o seu mercado seja comparado com o de ouro daí o termo “mineração”. 

 

Para que serve a mineração de Bitcoin?

Minerar Bitcoin é se envolver na verificação de transações Bitcoin. Embora pareça simples, é um processo que requer hardware e software muito específicos e poderosos.

De forma simples, a mineração de Bitcoins é feita por computadores robustos. Logo, para minerar Bitcoin é necessário fazer o download desse software no computador para que essa máquina passe a fazer parte de uma rede interligada com outros computadores, que por sua vez fazem parte da rede Bitcoin, semelhante à tecnologia torrent. Esta tecnologia de compartilhamento surgiu com 

 

É preciso minerar para conseguir um Bitcoin?

Veja bem, esta não é a única forma de se adquirir Bitcoins, muito pelo contrário. É possível comprar Bitcoin de forma simples, segura e rápida através de uma corretora de criptomoedas. Da mesma forma que se adquire ações de empresas e dólares para viajar, existem corretoras especializadas em criptoativos. O Mercado Bitcoin é a líder absoluta no Brasil tanto em volume, quanto no ranking de transparência.

 

Qual a função do minerador de Bitcoin?

Os mineradores de Bitcoin, conhecidos como “mineiros”, tem como papel proteger a rede, e ao mesmo tempo, processar as transações. Os mineiros conseguem isso resolvendo um problema computacional que lhes permite encadear blocos de transações, daí a famosa “blockchain” do Bitcoin.

Por este serviço, os mineiros são recompensados ​​com Bitcoins recém-criados e taxas de transação. Qualquer pessoa pode se tornar um mineiro e, caso disponha de um sistema robusto para isso, se conectar a uma grupo de outros mineradores, chamados de pool, que agrupam poder de processamento, ou minerar sozinha.

Assim sendo, o mercado de Bitcoin consegue funcionar de maneira descentralizada, ou seja, é um sistema direto “peer to peer” que torna desnecessário que uma organização regule e controle sua cotação, emissão e outras atividades relacionadas a ele.

Enquanto o dinheiro tradicional é criado por meio de bancos (centrais), o bitcoin é “extraído” por mineradores de Bitcoin: participantes da rede que competem para ser o único computador com permissão para registrar todas as transações recentes. Se o seu computador conseguir vencer essa competição, você poderá se premiar com bitcoins como recompensa por seus esforços.

 

Quanto recebe um minerador de Bitcoin?

Os mineiros são recompensados ​​com 6,25 novos bitcoins a cada 10 minutos. A taxa de emissão é definida no código, portanto, os mineiros não podem enganar o sistema ou criar bitcoins do nada. Eles precisam usar seu poder de computação para gerar os novos bitcoins. 

cadeado com dados criptografados em fundo azul  Os mineiros incluem transações enviadas pela rede Bitcoin em seus blocos. Uma transação só pode ser considerada segura e completa depois de incluída em um bloco. Mas por quê?

Simples: porque somente quando uma transação é incluída em um bloco é oficialmente incorporada no blockchain do Bitcoin. Quer aprender o que é blockchain, e 3 aplicações práticas da tecnologia? Acompanhe aqui.

 

Minerar Bitcoin é legal?

Sim, mas vai depender de onde você está. A China, por exemplo, emitiu uma proibição geral da mineração de Bitcoins para pessoas físicas porque o Estado chinês subsidia sua energia. Outros lugares como a Islândia consideram isso legal e o povo islandês começou a minerar Bitcoin livremente, muitas vezes até com incentivos.

Como dissemos, qualquer um pode se tornar um minerador de Bitcoin para tentar ganhar essas moedas virtuais. No entanto, a mineração se tornou cada vez mais industrializada ao longo dos anos e hoje é feita principalmente por profissionais dedicados, com hardware especializado, eletricidade barata, em grandes centros de dados.

 

O que faz o minerador de Bitcoin?

Minerar Bitcoin é uma operação que envolve equações matemáticas altamente complexas para tentar decifrar códigos com valores criptografados emitidos pelo software. Essas emissões são sequências de bits por um algoritmo do programa, que ganham o nome de “hashs”

Isso impede que os mineiros criem Bitcoin a partir do nada: eles devem usar uma capacidade de processamento de computação real para descobrir a solução deste novo bloco. Cada tentativa é uma chance de ganhar estes novos bitcoins. A eletricidade para abastecer toda essa atividade não é gratuita, criando, portanto, um verdadeiro custo financeiro para a mineração de bitcoins.

Quem consegue decifrar o código primeiro tem como recompensa uma determinada quantidade de Bitcoins. O vencedor dessa “corrida” e a quantidade de Bitcoins que ele ganhou são registrados, e os demais participantes da rede são notificados para que todos validem a operação e atestem que esses Bitcons pertencem a esse minerador.

Essas informações são registradas no blockchain de forma cronológica e linear, sendo também digitalmente assinada para garantir sua integridade e veracidade.

Se um hacker tentar alterar uma transação que aconteceu no passado, esse invasor terá que refazer todo o trabalho que foi feito desde então para recuperar e estabelecer a cadeia de processamento e quebra dos códigos. Isso é praticamente impossível, e é por isso que se diz que os mineiros “protegem” a rede Bitcoin.

 

Minerar Bitcoin é lucrativo?

Quem quer minerar Bitcoin não precisa apenas levar em consideração os custos associados a equipamentos caros necessários para ter a chance de resolver um problema de hash. É preciso também considerar a quantidade significativa de energia elétrica que uma plataforma de mineração utiliza para minerar um Bitcoin. 

Em outras palavras, a mineração de Bitcoins não é lucrativa para a maioria das pessoas no Brasil neste momento. 

Mas isso cria um paradoxo interessante: essa moeda digital se tornou atrativa justamente porque graças à dificuldade de se minerar, ela se torna mais rara ao longo do tempo. Com o aumento dos preços, a moeda voltou ser valiosa e a atrair gente interessada em investir em Bitcoin, especialmente aqueles que atuam em grandes grupos de mineração.

Como a mineração de bitcoin é essencialmente uma competição, a questão da lucratividade é em grande parte obter uma vantagem competitiva. Para muitas operações de grande porte, essa vantagem é alcançada operando um número relativamente grande de plataformas de mineração com os menores custos de energia possíveis.

 

Para onde vão estes novos bitcoins?

Conforme observado acima, qualquer bitcoin obtido na mineração precisará ser enviado para algum lugar. É aí que  entra uma  carteira de bitcoin. Basicamente, se você deseja se envolver diretamente com o Bitcoin, precisa de uma carteira como a que o Mercado Bitcoin oferece.

A mineração de bitcoins hoje é praticamente uma indústria em si, com um mercado de dispositivos especializados conhecidos como ASICs (acrônimo em inglês para Circuitos Integrados Específicos de Aplicativos), feitos especificamente para otimizar o número de tentativas (hashes) de encontrar a solução do novo bloco, com os menores custos de energia. 

equipamento ASIC de mineração de bitcoin da Bitmain
modelo de mineradora ASIC, fabricado pela Bitmain

 

Dá para minerar Bitcoin em casa?

Embora seja tecnicamente possível tentar minerar em seu computador doméstico ou outro dispositivo, você viu ao longo desse artigo que não é possível minerar com sucesso desta forma, pois você perderá dinheiro em custos de energia ao longo do caminho.

Para minerar de forma competitiva hoje, você precisa saber o que está fazendo, deve estar disposto a investir recursos e tempo significativos e por último, mas não menos importante ter acesso a eletricidade barata. 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes