Coronavac: Butantan anunciará amanhã eficácia geral da vacina

Após pedido emergencial à Anvisa, instituto deve emitir novos dados da Coronavac. Veja o que disse o governador de SP

O Instituto Butantan anunciou que divulgará nesta terça-feira (12) os dados de eficácia geral da vacina contra Covid-19, CoronaVac. A divulgação de novos dados da fase 3 dos testes do imunizante foi confirmada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, em entrevistas concedidas na manhã desta segunda (11).

Eficácia global da Coronavac

Dória que o Instituto Butantan fará uma apresentação específica sobre a CoronaVac às 12h45 de amanhã. “Dimas [Covas, presidente do Instituto Butantan] e outros cientistas vão discorrer sobre dados complementares da vacina. É tema da ciência, não da política”, disse o governador à CBN.

“Esses dados que chamamos de eficácia global estão em posse do Butantan e da Anvisa, e dessa maneira saberemos todos amanhã essas informações que são de fundamental importância para que possamos inserir nas propostas da campanha (de vacinação), trazendo à tona essa qualidade de informações”, explicou Gorinchteyn à Globonews.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Anvisa

Na sexta-feira (08), o Butantan apresentou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, o pedido de uso emergencial da CoronaVac, porém, no dia seguinte, o órgão federal cobrou a submissão de mais dados e informações sobre o imunizante.

O prazo previsto pela Anvisa para conceder ou não o registro de emergência é de dez dias e, para adiantar o processo, o Butantan começou a enviar os documentos pendentes ainda no domingo (10).

Pesquisadores e especialistas cobram a divulgação da taxa de eficácia geral do imunizante, que consiste na comparação de quantas pessoas ficaram doentes entre os grupos de vacinados e daqueles que apenas receberam o placebo.

Na última quinta, o governador de SP anunciou em entrevista que a vacina foi 100% eficaz na prevenção de casos graves e moderados de Covid-19 e tinha eficácia de 78% a 100% contra o coronavírus, mas em desfechos secundários. Isto é, como a doença evoluiu entre os infectados, mas não quantas pessoas ficaram doentes.

CoronaVac na Indonésia

Na manhã desta segunda-feira (11), a Indonésia anunciou os testes da CoronaVac no país. O resultado pontuou 65% de eficácia da vacina contra Covid-19 criada pelo laboratório chinês.

O anúncio da Indonésia soou positivo ao governador de SP. “É bem vinda a aprovação da Indonésia, é o primeiro país que aprova formalmente, pela agência sanitária, a CoronaVac. Estão observando senso de urgência para salvar vidas dos seus habitantes. Espero que a Anvisa compreenda que também precisa salvar vidas aqui”, disse Dória.

Vale lembrar que a Organização Mundial da Saúde – OMS recomenda uma taxa mínima de 50% de eficácia.

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes