5G: Procon notifica empresas sobre campanhas do serviço no Brasil

Procon quer saber das empresas sobre a veracidade das informações contidas em campanhas publicitárias sobre tecnologia 5G, já que a Anatel informou que o serviço estará disponível para leilão somente em 2021

Nesta segunda-feira (9), o Procon do Estado de São Paulo notificou a operadora Claro e as fabricantes Motorola e Samsung sobre a disponibilidade da internet 5G no Brasil.  De acordo com o ofício, o órgão quer esclarecimentos sobre atuais ofertas de serviços que estão sendo veiculadas em campanhas publicitárias. De acordo com as três notificadas, as propagandas se referem ao serviço de 5G como “compatíveis com uma conexão mais rápida e moderna”

Campanhas sobre serviço 5G são ao alvo do Procon

O Procon quer saber se os produtos ligados à tecnologia já se encontram disponíveis no país. E no caso de uma negativa, o órgão quer esclarecer sobre a veiculação possivelmente irregular de propagandas referente ao serviço. A notificação também questiona se os consumidores são informados sobre a limitação deste serviço e de que forma que estes consumidores são comunicados. As três empresas possuem até 72 horas para dar o retorno ao ofício enviado pelo Procon.

Anatel vai liberar leilão do 5G somente em 2021

Tanto a Motorola, quanto a Samsung anunciam novos produtos atrelados com a tecnologia. É o caso dos aparelhos Motorola Edge, Moto G 5G Plus, da Motorola, e Galaxy Note 20 Ultra 5G e Galaxy Z Fold 2, da Samsung. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, o leilão de novas frequências com o serviço de 5G acontecerá somente em 2021.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes