Google Chrome: entenda a falha de segurança no navegador e saiba como corrigir

Google Chrome apresenta falha na segurança e por isso há urgência em atualizar o navegador nos dispositivos, segundo especialistas.

Recentemente, o Google Chrome apresentou uma vulnerabilidade em seu sistema de segurança, feita por hackers.  A ameaça é zero-day, que atinge computadores com Windows, macOS ou Linux. Assim, há a urgência em atualizar o navegador nos dispositivos, de acordo com especialistas.

E esse procedimento deve ser feito o quanto antes. Porque a falha no navegador atinge na engine V8. Assim,  permite a execução remota de códigos por eventuais invasores explorando falhas no WebAssembly e JavaScript.

A empresa não divulgou mais detalhes sobre este problema. Pelo menos até que boa parte dos usuários tenha instalado a versão atualizada do navegador.  Essa decisão ocorre como uma forma de não alertar hackers que estejam explorando a falha no sistema.

Portanto, a atualização deve ser feita o quanto antes. Mas esse processo é rápido e simples. E o usuário pode fazer de forma manual.

Essa falha pode levar faz com que o hackers consigam acessar códigos nos PCs dos utilizadores. Mas, mesmo sem ter entrado em muitos detalhes, anunciou que a falha está no WebAssembly do Chrome e no JavaScript engine V8.

Nova versão do Google Chrome

Há poucos dias, o Google lançou a versão 88 do navegador Chrome. Apesar de não trazer grandes alterações, a novidade foca mais na correção e melhoria de algumas funcionalidades.

E essa nova versão é uma forma de proteger os usuários das ameaças dos hackers. Por isso a importância de instalar o mais rápido possível.

Sendo assim, quanto mais usuários fizerem a atualização, é melhor. Porque isso evita a disseminação de sua exploração por novos invasores atinjam máquinas.

De acordo com o Google, que publicou um comunicado em seu blog na quinta-feira (4), o Chrome recebeu a versão 88.0.4324.150. Que “inclui uma correção de segurança”, e que já está disponível para Windows, Mac e Linux.

O Chrome informou que a falha, chamada de CVE-2021-21148, foi notificada à plataforma por um desenvolvedor. O comunicado foi em 24 de janeiro deste ano.

“O acesso aos detalhes e links sobre o erro deve ser restrito até que a maioria dos usuários tenha feito a atualização”, disse a empresa. “O Google está ciente de que há relatos de que o CVE-2021-21148 está sendo explorado.”. completou.

Mesmo não sendo raras e anormais, a Google corrige estas falhas. Contudo, esta nova parece ser especial e preocupante. Do que a empresa mostrou, esta é explorada pelos atacantes e a fazer vítimas entre os utilizadores.

Google chrome 1
Imagem: reprodução/youtube

Como atualizar o Chrome

A recomendação é que todos os usuários atualizem o Google Chrome. E mesmo que ele não seja o seu navegador padrão. Este processo pode ocorrer naturalmente ao iniciar o programa, mas você pode também forçar o download do firmware.

Essa é uma forma de garantir que você tenha a proteção das atualizações de segurança mais recentes. Assim, o Google Chrome poderá ser atualizado. Sempre quando uma nova versão do navegador estiver disponível no dispositivo.

Ao fazer essas atualizações, você pode notar diferenças no navegador, em diferentes momentos. Portanto, o usuário recebe uma atualização do Chrome quando disponível.

Em geral, as atualizações ocorrem em segundo plano quando você fecha e reabre o navegador. Se você ficar sem fechar seu navegador por algum tempo, poderá ver uma atualização pendente.

Google chrome 2
Imagem: reprodução/youtube

Passo a Passo

  • No computador, abra o Google Chrome.
  • No canto superior direito, procure a opção Mais Mais.
  • Se uma atualização estiver pendente, o ícone será de uma destas cores:
  • Verde: uma atualização de menos de dois dias.
  • Laranja: uma atualização de cerca de quatro dias.
  • Vermelho: uma atualização de pelo menos uma semana.

Para atualizar o Google Chrome, veja o passo a passo abaixo:

  • No computador, abra o Google Chrome.
  • No canto superior direito, clique em Mais Mais.
  • Clique em Atualizar o Google Chrome.
  • Importante: se esse botão não estiver disponível, a versão mais recente já está instalada.
  • Clique em Reiniciar.

Portanto, o navegador salva suas guias e janelas abertas e as reabre quando é reiniciado. Suas janelas anônimas não serão reabertas quando o Chrome for reiniciado. Se você preferir não reiniciar. Clique em Agora não. A atualização é aplicada na próxima vez que você reinicia o navegador.

Assim, o Google Chrome apresenta a atualização para proteger o computador do usuário de possíveis novas ameaças. E lembre-se: o processo deve ser feito o quanto antes.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.