No Brasil, 15 mil pessoas têm Whatsapp clonado por dia; saiba como se proteger

Estudo feito por startup brasileira mostra que houve um aumento de 25% de fraudes no app; saiba como proteger sua conta

Um levantamento feito pelo laboratório especializado em segurança digital da PSafe (startup brasileira que desenvolve apps para celulares) mostrou que, por dia, mais de 15 mil pessoas possuem o Whatsapp clonado no Brasil. Em setembro, o número cresceu em 25% em comparação ao mês anterior – uma estimativa de que mais de 473 mil brasileiros tenham caído em golpes dentro do período. O estado que mais está em alta em relação aos ataques é São Paulo, com 107 mil vítimas, seguido pelo Rio de Janeiro, com 60 mil e Minas Gerais, com 43 mil.

A clonagem começa, segundo Emilio Simoni, Diretor do Laboratório da PSafe, com uma armadilha para enganar a vítima, através, por exemplo, de robôs que monitoram sites de vendas. Os golpistas perceberam que as pessoas acabam interagindo com números ou até perfis no Instagram de restaurantes e hotéis, o que acaba sendo fácil para forjarem ofertas de sorteios ou jantares.

Com os dados do Whatsapp das pessoas em mãos, os estelionatários acionam os contatos registrados no aplicativo se passando pela vítima para pedirem dinheiro. Algumas quadrilhas chegam a faturar R$ 15 mil reais por semana com Whatsapp clonado no Brasil, segundo Simoni.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Instituto de Segurança Pública (ISP) registrou, entre março e agosto de 2020, o aumento de 273% nos crimes virtuais – quase quatro vezes mais comparados ao mesmo período em 2019.

Como se proteger dos golpes no Whatsapp

– Ative a autenticação duas vezes (onde um segundo código de segurança é necessário além da senha), para aumentar a segurança de seu WhatsApp;

– Nunca compartilhe seu código de confirmação do WhatsApp com terceiros

– Tenha instalado em seu dispositivo alguma solução em segurança que avise em tempo real sobre tentativas de clonagens.

Em caso de golpe, “erre” a senha

Caso caia em alguma armadilha, tente entrar novamente no aplicativo e erre a senha de acesso muitas vezes. Assim, o Whatsapp será bloqueado por segurança e será impossível de agir. Com isso, dá tempo para avisar a polícia sobre a fraude e procurar app para recuperar a conta.

Informar Erro
Siga-nos no 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes