Twitter Spaces enfrenta rede social de voz Clubhouse

A rede social Clubhouse, de salas de conversa por voz, ganhou um novo desafiante, o Twitter Spaces, da gigante de comunicação de mensagens curtas de texto.

Twitter, a rede social de troca de mensagens texto com quase 200 milhões de usuários ativos, está preparando uma versão para salas de conversa de voz. O Twitter Spaces, como será conhecido, pretende concorrer com o fenômeno Clubhouse, aplicativo dedicado a este fim.

O que é o Twitter Spaces?

O Twitter Spaces permite uma interação entre os usuários em salas de conversa ao vivo. Os espaços são abertos por moderadores, que podem convidar outros usuários ou deixá-los abertos para visitantes. 

De acordo com o desejo do moderador, os usuários podem ser convidados a falar. Nesse sentido, o Twitter Spaces foi liberado em fase de testes para um pequeno grupo de usuários do sistema iOS no final de 2020. Em seguida, em janeiro de 2021 iniciaram testes com usuários do sistema Android.

O aplicativo funciona de maneira similar ao Clubhouse, aplicativo atualmente disponível apenas para iPhone. Na rede social de voz do Twitter, funções para uso de emojis, além da possibilidade de compartilhar Tweets nas salas também estão em testes.

Você sabia que é possível realizar pagamentos, incluindo produtos e serviços, utilizando o Bitcoin? O pessoal da exchange Mercado Bitcoin, líder em volume de transações, tira suas dúvidas.

Como funcionam as salas?

No Twitter Spaces, um usuário cria uma sala, escolhe um assunto, e em seguida pode convidar outros usuários. Dessa forma, o usuário que criou o ambiente passa a ser o moderador, e desse modo, pode nomear outros coordenadores para ajudar.

Os moderadores atuam para que todos possam falar de maneira ordenada. Para isto, fazem uso de ferramentas para controlar quem tem o direito de falar, assim como mecanismos para bloquear ou excluir usuários de uma conversa. Por fim, qualquer usuário pode fazer uma denúncia contra aqueles que extrapolam as regras básicas da rede social.

Quando a sala é encerrada, todo o conteúdo é perdido. Entretanto, o material fica hospedado nos servidores da rede social para análise de violações às regras de conduta por 30 dias. Se houver alguma violação, o material fica armazenado por mais 90 dias para que justificativas sejam apresentadas. Como resultado, o infrator pode ser expulso da rede.

Twitter Spaces ou Clubhouse, qual o melhor?

O Clubhouse foi lançado em março de 2020, com a premissa de ser uma rede social focada em salas de conversa. Como o mercado das redes sociais está cada vez mais competitivo, as plataformas estão constantemente testando novas experiências para manter seus usuários online por mais tempo.

Por enquanto, o Clubhouse está disponível apenas para iPhone, e só é possível entrar mediante convite. Apesar disso, a rede se tornou popular gerando uma disputa por acessos entre os interessados.

Por outro lado, o Twitter Spaces ainda não informou sua data de lançamento. Desde dezembro de 2020 está disponível apenas para testes por um pequeno grupo de usuários.

A principal diferença é que o Clubhouse não permite gravar as conversas das salas. Ao contrário, o Twitter Spaces permite que você grave e compartilhe aquilo que você falou.

Como acessar o Twitter Spaces?

No momento, somente os usuários selecionados na fase de testes (beta) podem acessar o Twitter Spaces pelo aplicativo do celular.

Caso você seja um dos felizardos, existem duas formas para acessar:

  1. a) Toque no ícone de criar um tweet. Depois, toque no ícone “Spaces” no canto inferior esquerdo da tela.
  2. b) Clique na sua foto na área dos “Fleets”. Em seguida, arraste a tela para a direita até encontrar o ícone “Spaces”.

Após criar a sala é possível convidar até 10 pessoas para participar como moderador. Sem dúvida, no final da fase de testes, esse número será expandido. Por fim, cada sala conta com um link que pode ser compartilhado.

Quem vai ganhar a corrida?

A princípio, o Clubhouse está liderando. Entretanto, isso pode mudar se os usuários mais importantes percebam que podem alcançar um público maior no Twitter Spaces.

 Atualmente o Clubhouse atende a três milhões de usuários com sua estratégia de entrada mediante convites. Porém, isto pode ser uma limitação se o Twitter Spaces abrir rapidamente para o público de 192 milhões usuários ativos do Twitter.

Por outro lado, o Facebook, com seus 1,8 bilhão de usuários, está considerando incorporar uma funcionalidade semelhante de sala de áudio em seu aplicativo.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.