De Gloria Pires a Preta Gil: Veja famosas que assumiram fios brancos

Quarentena intensificou processo de naturalidade, fazendo com que muitas mulheres abandonassem tinturas.

A naturalidade tem ganhado força na área da beleza. E esse processo foi intensificado pela quarentena, com muitas pessoas deixando de ir a salões de beleza e clínicas para passar por procedimentos. Assumir os cabelos brancos foi uma das apostas mais fortes, adotada por muitas famosas. Nos últimos dias, Gloria Pires falou que a família foi contra o novo visual, mas manteve a ideia e está se “sentindo bem, bonita, empoderada mesmo.”

Quais famosas deixaram os cabelos brancos na quarentena?

A necessidade de distanciamento social fez com que muitas mulheres repensassem padrões estéticos e abandonassem as tinturas, adotando o grisalho. Além de Gloria Pires, Preta Gil, Astrid Fontenelle, Suzana Alves e Samara Felippo são algumas das que falaram sobre o assunto em entrevistas e nas redes sociais. Confira:

Gloria Pires

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Imagem mostra Gloria Pires com cabelos brancos
(Foto: @gpiresoficial/Instagram/Reprodução)

Gloria Pires, de 57 anos, é uma das famosas que abandonou tintura para esconder os cabelos brancos. Em entrevista ao jornal “O Globo”, revelou que “todo mundo foi contra, o marido, os filhos. Mas fui ficando. E estou adorando. Estou me sentindo bem, bonita, empoderada mesmo.”

“Eu estava querendo deixar meu cabelo branco há algum tempo. Mas na última novela, Éramos seis, como transcorriam 30 anos na história, seria complicado: o consenso foi que eu deveria ter o cabelo pintado e ir fazendo os brancos de acordo com a continuidade. Quando acabou, falei: ‘agora vou deixar'”, afirmou.

Preta Gil

Imagem mostra Preta Gil com cabelos brancos à mostra
(Foto: @pretagil/Instagram/Reprodução)

Assim como Gloria Pires, Preta Gil resolveu deixar os fios brancos à mostra a partir da quarentena e, em agosto, contou em seu Instagram que foi muito cobrada a pintá-los. “Finalmente eu fiz, não do jeito que alguns julgam ser o certo pintar os brancos, para escondê-los, pra não demonstrar a idade. Eu faço 46 anos no sábado dia 8/8 e tenho refletido muito sobre ressignificar o envelhecer, o que envelhece é a nossa alma. A nossa aparência muda sim e quero aprender com essas mudanças. Então quis trazer mais cor pra minha vida e resolvi brincar com meus cabelos!!!”, afirmou. E completou: “E para aqueles que acham que tem idade ou tipo certo de cabelo para ter cabelo colorido, eu deixo aqui meu recado: para ter cabelo colorido basta colorir! Não tem regras, não tem padrão!”

Astrid Fontenelle

Imagem mostra cabelos brancos da Astrid Fontenelle
(Foto: @astridfontenelle/Instagram/Reprodução)

Astrid Fontenelle, de 59 anos, assumiu os cabelos brancos durante a quarentena. “A palavra é liberdade e na pandemia, menos um problema para administrar”, disse em entrevista à Vogue.

A apresentadora do “Saia Justa”, do GNT, comentou sobre a onda do grisalho. “Eu sinceramente acho que é tendência. Já era, estava vindo e a pandemia acelerou o processo. E o pano de fundo disso é a libertação, ter o cabelo que quiser. Mas bem cuidado, sempre.” Ela aposta em hidratação e usa produtos desamareladores nos fios.

Suzana Alves

Imagem mostra Suzana Alves com cabelos brancos
(Foto: @suzanaalvesoficial/Instagram/Reprodução)

Suzana Alves, de 42 anos, que interpretava a Tiazinha nos anos 90, faz parte da lista de famosas que apostaram em aparência natural. “Mexeu com a minha autoestima e fui testar a henna, aí descobri que ela tem uma fórmula com química. Por isso, resolvi não pintar mais e sentir meu cabelo natural, com melhor textura e qualidade”, explicou ao Purepeople. E a mudança, então, lhe fez bem. “Me achei bonita! Também me vi mais madura e segura e reverberou na minha família isso também.”

De Gloria Pires a Samara Felippo

Imagem mostra Samara Felippo com cabelos brancos
(Foto: @sfelippo/Instagram/Reprodução)

Samara Felippo também parou de pintar as raízes durante a pandemia. “Mulheres, aprendi esse autoamor ao meu cabelo, a essa transição da minha maturidade, dos meus 42 , estou me sentindo linda, independentemente de qualquer reação que as pessoas tenham”, falou em seu Instagram.

E fez um depoimento para tentar ajudar quem está no mesmo processo. “A gente tem a liberdade de escolher a forma que a gente quer. Se a gente quer pintar o cabelo, pinte. Se você quiser deixar ficar branco para se entender por um tempo, tudo bem. Mas essa coisa de eu ter tido vergonha… Porque quase não saia de casa, ninguém ia me ver, mas  estava no dia a dia com meu companheiro. Só que ele é um cara incrível, me ajudou muito a passar pelo processo, me elogiando. Se eu puder inspirar alguma mulher, aqui estou eu.”

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes