Frances Bean Cobain: tudo sobre a filha de Kurt Cobain e Courtney Love

A herdeira de Kurt Cobain e Courtney Love também tem alma de artista. Frances passeia entre as artes visuais e a música, com traços do estilo grunge nas duas áreas. Ela tem uma relação difícil com a morte do pai e já gastou boa parte da fortuna deixada por ele. Conheça um pouco mais da vida de Frances Bean Cobain!

Carregar o legado de ser filha de um dos artistas símbolo dos anos 90 pode parecer cool. Mas Frances Bean Cobain admite que sofreu com o histórico do pai, Kurt Cobain, lendário vocalista da banda Nirvana.

O artista cometeu suicídio em 1994 e deixou a filha que tinha 1 ano e 8 meses na época. Ela é fruto do relacionamento do astro com com a vocalista da banda Hole, Courtney Love.

 

A relação de Frances com os pais

Frances Bean Cobain filha de Kurt Cobain e Courtney Love
Fonte: Reprodução / Pinterest

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Definitivamente o relacionamento conturbado dos dois ícones da música envolveram a vida de Frances em polêmicas. Mesmo antes de ela nascer, houve acusações de Love utilizar heroína durante a gestação.

Logo, esse escândalo levou o serviço de proteção à criança investigar o casal e tirar a guarda de Frances quando ela tinha apenas duas semanas de vida.

Ela ficou algumas semanas com a irmã de Love, Jamie, e o casal enfim recuperou a guarda depois de concordar em fazer exames de urina com frequência e receberem visitas regulares de um assistente social.

O nome Frances Bean Cobain definitivamente tem personalidade. Ele é inspiração no nome cantora Frances McKee, da banda The Vaselines. Já seu nome do meio, “Bean”, veio porque Kurt Cobain achou que ela parecia um feijão no ultrassom.

Com o suicídio de Kurt, ela cresceu entre sua mãe, tias e avó paterna. Em entrevista para a revista Rolling Stone, Frances demonstrou que guarda mágoa do pai:

 

 

“Ele nos abandonou do jeito mais horrível possível. […] Há, em todo grande artista, uma pouco de loucura, de temperamento maníaco. Tantas pessoas ficam felizes em sossegar, mas meu pai tinha muito sobre os ombros dele, algo que excedia sua ambição. Ele queria que sua banda fizesse sucesso, mas ele não queria que fosse a p**** da ‘voz de uma geração’. Na verdade, se ele estivesse vivo, eu teria um pai. E isso teria sido uma experiência incrível”.

 

Apesar disso, Frances foi produtora executiva do documentário que narra a vida do pai: Kurt Cobain: Montage of Heck.

Lançado em maio de 2015, mostra um pouco da vida do artista grunge por meio de materiais inéditos como canções, filmes caseiros, obras de arte, fotografias, revistas e songbooks.

 

Vida artística de Frances Bean Cobain

Asim como os pais, Frances seguiu a carreira artística. Com 28 anos de idade, ela é artista visual e lançou em 2010 uma coleção de arte chamada “Scumfuck”.

Sem dúvida a pegada grunge que foi uma marca intensa de Kurt é visível nas inspirações das artes de Frances.

 

artista frances cobain
Ilistração de Frances Cobain. Fonte: Reprodução / Pinterest
Frances Bean Cobain é artista visual
Fonte: Reprodução / Instagram
Obra de arte de Frances Bean Cobain
Ela é uma verdadeira artista. Fonte: Reprodução / Instagram

Mais recentemente, ela também iniciou sua carreira na música, mas não chegou a lançar nenhum álbum ou música oficial.

Além disso, na sua conta oficial do Instagram ela posta alguns vídeos soltando a voz, geralmente acompanhada de um violão, cantando temas melancólicos.

Segundo Frances, ela não é grande fã das músicas do pai. Em resposta à E! sobre o que pensa que Kurt acharia de sua música, ela respondeu:

“Eu não tenho uma resposta para isso porque eu não quero falar no nome de outra pessoa. Eu gostaria que ele tivesse orgulho de mim como ser humano que sou, mesmo que não gostasse do tipo de arte que eu criasse. É só isso que eu pediria de qualquer pessoa na minha vida”.

 

Polêmica: Frances Bean Cobain torrou milhões da herança

Frances Bean Cobain atualmente
Fonte: Reprodução / Instagram

Além da aptidão para a música, Frances Bean Cobain herdou dos pais uma fortuna de US$ 450 milhões, o que equivale a R$ 2,3 bilhões.

Em entrevista ao podcast de RuPaul, chamado RuPaul: What’s The Tee?, ela disse que já torrou US$ 11 milhões antes de ficar sóbria e aprender a gerenciar seu dinheiro.

Mesmo a mesada de US$ 100 mil que ela ganhava não era o suficiente. “A única maneira que me ensinaram como viver foi vivendo em excesso, tipo, viver além de suas possibilidades. […] Demorei a me afastar disso e ficar consciente para perceber que não importa quanto dinheiro você pensa que tem, ele não é permanente”. Além disso, ela diz que tem uma relação estranha com a herança.  “É quase como receber um grande empréstimo do qual nunca vou me livrar. Tenho uma relação quase estranha com ele ou culpa porque parece o dinheiro de alguém que nunca conheci, muito menos que trabalhei para ganhar”.

 

Fontes: Rolling Stone e Wikipedia.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes