Mãe de Luciana Gimenez perde R$ 50 mil em golpe no WhatsApp

Segundo Vera Gimenez, o golpista se passou pela filha no aplicativo de mensagens e conquistou sua confiança

Vera Gimenez, mãe da apresentadora Luciana Gimenez, foi vítima de um golpe virtual e perdeu R$ 50 mil. O caso ocorreu na semana passada. Durante entrevista ao programa ‘Alerta Nacional’, da Rede TV!, Vera contou que perdeu R$ 50 mil na última sexta-feira, dia 2.

Como Vera Gimenez foi vítima?

Vera explicou que uma pessoa até então desconhecida entrou em seu aplicativo de mensagens, o Whatsapp, se passando por sua filha.

“Recebi uma mensagem no zap com uma foto da minha filha não usual, dizendo que ela tinha trocado de número”, disse.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Vera Gimenez ainda falou que o golpista foi ganhando sua confiança conversando durante algum tempo antes de pedir dinheiro. “Conversei com a pessoa, confiei nela achando que era minha filha. “Fui enganada, me senti uma idiota”, relembrou.

Luciana Gimenez participou da entrevista ao programa da Rede TV!, ao vivo, por telefone, e fez um alerta sobre como o golpe é bem esquematizado. “Eles são uma quadrilha. São profissionais. Eu não peço dinheiro para ela”, disse.

Depois que fez a transferência, Vera entrou em contato com Luciana. Foi aí que se deu conta que havia sido vítima de um golpe, pois a filha desconhecia o pedido.

Mesmo em contato com o banco, não houve jeito de reaver os R$ 50 mil. Com isso, Vera Gimenez foi obrigada a amargar o prejuízo.

Em conversa com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Vera lamentou a situação. “Foi um deslize muito grande da minha parte. Eles sabem como enganar as pessoas. Serei obrigada a vender meu carro por causa disso”, relatou entristecida.

Como não cair em um golpe desses?

Dicas simples podem fazer a diferença entre conseguir escapar ou ser vítima de um golpe digital, modalidade que vem crescendo há muito tempo.

  • Sempre desconfie de mensagens que contenham erros ortográficos ou gramaticais
  •  Não confie em qualquer link que seja enviado para você, sobretudo se oferecer alguma vantagem fora do comum
  •  Não dê informações pessoais e bancárias como: endereço, telefones, número de cartões ou contas, data de aniversário, ou senhas, por exemplo
  • Preste muita atenção a links de sites falsos e formulários maliciosos
  • Antes de fazer transferências bancárias, confirme de outras formas com a pessoa que está solicitando o dinheiro a veracidade do pedido. Um simples telefonema pode evitar dor de cabeça futura.
  • Desconfie de comportamentos ou conversas fora do normal com pessoas que você conhece. Certifique-se que realmente é a pessoa que você pensa que está do outro lado.
Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes