Anúncio da gravidez de princesa Leopoldina abala Isabel

A herdeira do trono vai sentir inveja da irmã

Isabel (Giulia Gayoso) está ansiosa para engravidar em Nos Tempos do Imperador. A princesa está preocupada, pois ainda não conseguiu ter uma gestação e teme ser infértil. Nos próximos capítulos, uma notícia vai abalar ainda mais a herdeira: a gravidez de princesa Leopoldina, que se casou com Augusto (Gil Coelho).

Isabel sente inveja da fravidez de princesa Leopoldina – Nos Tempos do Imperador

Leopoldina vai passar mal e precisará ser examinada por Pilar (Gabriela Medvedovski) em cenas previstas para irem ao ar na próxima quinta-feira (2).

A médica vai dar a notícia para a filha caçula de Pedro (Selton Mello): “fico muito feliz quando não é uma doença e sim uma boa notícia: a princesa está grávida”.

Teresa (Letícia Sabatella) irá ficar radiante e correrá para abraçar a filha. “Que alegria! Minha bambina vai ter um filho!”

Quem não fica muito empolgada com a novidade é Isabel, que não consegue esconder o seu incômodo. Luísa (Mariana Ximenes) vai perceber o desânimo da princesa: “O seu logo virá”.

Mais tarde, a filha mais velha de Teresa e Pedro vai desabafar com a preceptora: “Fiquei feliz por ela, claro, amo a minha irmã! Mas confesso que também senti… Inveja. Sei que é horrível, mesquinho, que é pecado. Mas não consigo evitar! Dina se casou depois, já está grávida, enquanto eu…”

A Condessa tentará acalmar a herdeira. Ela dirá que sentir inveja é humano e que é normal algumas mulheres demorarem para ter um filho. “Eu demorei quase 20 anos para engravidar de Dominique”, dirá a preceptora.

“Não tenho esse tempo! Preciso dar um herdeiro ao Brasil. Não sei até quando vou aguentar o vazio que sinto por não ser mãe”, dirá a garota aos prantos.

Casamento princesa isabel
Isabel (giulia gayoso) em nos tempos do imperador- foto: reprodução/globo

O que aconteceu na vida real com a princesa?

Assim como está sendo retratado na novela, a Princesa Isabel teve dificuldade para engravidar. Ela precisou recorrer a tratamentos médicos para conseguir gerar um filho.

Infelizmente, na primeira gravidez, quase dez anos depois do casamento da herdeira com o Conde d’Eu, a criança nasceu morta. O acontecimento trouxe grande tristeza para a filha de Pedro.

O primeiro filho do casal, Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança, só foi nascer em 1875. Nos anos seguintes, Isabel teve mais três herdeiros: Luís de Orléans e Bragança, nascido em 1878, e Antônio Gastão de Orléans e Bragança, que nasceu em 1881.

 

Você pode gostar também