Anúncio da gravidez de princesa Leopoldina abala Isabel

A herdeira do trono vai sentir inveja da irmã

Isabel (Giulia Gayoso) está ansiosa para engravidar em Nos Tempos do Imperador. A princesa está preocupada, pois ainda não conseguiu ter uma gestação e teme ser infértil. Nos próximos capítulos, uma notícia vai abalar ainda mais a herdeira: a gravidez de princesa Leopoldina, que se casou com Augusto (Gil Coelho).

Isabel sente inveja da fravidez de princesa Leopoldina – Nos Tempos do Imperador

Leopoldina vai passar mal e precisará ser examinada por Pilar (Gabriela Medvedovski) em cenas previstas para irem ao ar na próxima quinta-feira (2).

A médica vai dar a notícia para a filha caçula de Pedro (Selton Mello): “fico muito feliz quando não é uma doença e sim uma boa notícia: a princesa está grávida”.

Teresa (Letícia Sabatella) irá ficar radiante e correrá para abraçar a filha. “Que alegria! Minha bambina vai ter um filho!”

Quem não fica muito empolgada com a novidade é Isabel, que não consegue esconder o seu incômodo. Luísa (Mariana Ximenes) vai perceber o desânimo da princesa: “O seu logo virá”.

Mais tarde, a filha mais velha de Teresa e Pedro vai desabafar com a preceptora: “Fiquei feliz por ela, claro, amo a minha irmã! Mas confesso que também senti… Inveja. Sei que é horrível, mesquinho, que é pecado. Mas não consigo evitar! Dina se casou depois, já está grávida, enquanto eu…”

A Condessa tentará acalmar a herdeira. Ela dirá que sentir inveja é humano e que é normal algumas mulheres demorarem para ter um filho. “Eu demorei quase 20 anos para engravidar de Dominique”, dirá a preceptora.

“Não tenho esse tempo! Preciso dar um herdeiro ao Brasil. Não sei até quando vou aguentar o vazio que sinto por não ser mãe”, dirá a garota aos prantos.

Casamento Princesa Isabel
Isabel (Giulia Gayoso) em Nos Tempos do Imperador- Foto: Reprodução/Globo

O que aconteceu na vida real com a princesa?

Assim como está sendo retratado na novela, a Princesa Isabel teve dificuldade para engravidar. Ela precisou recorrer a tratamentos médicos para conseguir gerar um filho.

Infelizmente, na primeira gravidez, quase dez anos depois do casamento da herdeira com o Conde d’Eu, a criança nasceu morta. O acontecimento trouxe grande tristeza para a filha de Pedro.

O primeiro filho do casal, Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança, só foi nascer em 1875. Nos anos seguintes, Isabel teve mais três herdeiros: Luís de Orléans e Bragança, nascido em 1878, e Antônio Gastão de Orléans e Bragança, que nasceu em 1881.

 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes