Nos Tempos do Imperador: Leopoldina e Augusto vão ficar juntos?

Casal tinha relação de amor e ódio, mas depois se apaixonaram.

Depois de ter alguns interesses românticos na novela das seis, a filha mais nova de Dom Pedro II finalmente decidiu com quem seu coração quer ficar de vez: o príncipe alemão, Luís Augusto. Porém, além dos altos e baixos que o casal enfrentou desde que se conheceram, outros empecilhos aparecerão no caminho deles. Será que Leopoldina e Augusto conseguirão ficar juntos?

Leopoldina e Augusto ficam juntos na novela Nos Tempos do Imperador?

Se os autores Thereza Falcão e Alessandro Marson seguirem os passos dos livros de história, a dupla se casará e terá quatros filhos. Porém, até o momento o casal vive um impasse na novela das seis e quem assiste ao folhetim sem conhecer a história real da dupla pode até pensar que eles não ficarão juntos.

No folhetim, assim que se conheceram, Augusto havia parado na corte de Dom Pedro II para ser pretendente da irmã de Leopoldina, Isabel (Giulia Gayoso), porém, nos próximos capítulos as coisas não darão certo com a filha mais velha do imperador e o moço ficará livre para ter outro romance.

A partir daí, a relação entre Leopoldina e Augusto começará a crescer em Nos Tempos do Imperador. Em um primeiro momento, o príncipe vai ficar frustrado por não ter sido escolhido por Isabel e reclamará de ficar com a outra princesa, por ela ser o “prêmio de consolação”. Porém, conforme a atração entre eles vai crescendo, ele muda de ideia e decide que gostaria de se casar com a brasileira, no entanto, a mãe do rapaz será um empecilho para eles.

Em capítulos previstos para irem ao ar na primeira semana de novembro, o príncipe alemão receberá uma carta da mãe que o proíbe de se casar com Leopoldina, mas Augusto vai se comprometer a lutar contra a decisão.

O que aconteceu na vida real?

Na história, a princesa Leopoldina se casou com Luís Augusto de Saxe-Coburgo-Gota em outubro de 1864, mesmo mês em que a irmã trocou alianças com Gastão de Orleans, o Conde d’Eu. Depois de casada, a filha mais nova do imperador renunciou ao seu título de princesa do Brasil e se tornou Duquesa de Saxe.

Ela passou a morar na Europa, mas quando estava grávida, viajava ao Brasil para que a criança nascesse aqui. Em março de 1866 nasceu o primeiro filho do casal, Pedro Augusto de Saxe-Coburgo e Bragança, o rapaz viveu até os 68 anos. No ano seguinte ao nascimento de Pedro Augusto, em dezembro, veio ao mundo Augusto Leopoldo de Saxe-Coburgo e Bragança, segundo filho do casal, que morreu aos 54. A terceira criança de Leopoldina e Augusto foi Luís Gastão de Saxe-Coburgo-Gota que nasceu em setembro de 1870 e morreu em janeiro de 1942.

Por conta da dinâmica exaustiva de ter que viajar para o Rio de Janeiro sempre que ia dar a luz e depois retornar ao país europeu em que viviam, Leopoldina e Augusto resolveram não vir ao Brasil quando o último filho do casal, José Fernando de Saxe-Coburgo-Gota, estava prestes a nascer. Por isso, o parto do garoto aconteceu na Áustria, em 1869, ele faleceu algumas décadas depois aos 19 anos de idade.

Por fim, Leopoldina e Augusto não ficaram casados por muito tempo, já que a princesa morreu de febre tifóide aos 23 anos de idade. Ela bebeu água contaminada e faleceu meses antes de completar 7 anos de casamento.

leopoldina e marido
Casamento não foi longo – Foto: Wikimedia Commons/Reprodução

 

Relacionado – Princesa Isabel morreu com quantos anos?

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes