Quem interpretou Zaqueu na primeira versão de Pantanal?

Personagem é vivido por Silvero Pereira no remake

Zaqueu chega em breve na novela das nove. Ele começa a trabalhar com mordomo na mansão Novaes, mas logo se mudará para a região pantaneira e se tornará um peão. O personagem é interpretado por Silvero Pereira no remake, já Zaqueu de Pantanal da primeira versão foi vivido por João Alberto Pinheiro.

Quem foi Zaqueu de Pantanal na primeira versão?

Na primeira versão da novela Pantanal de 1990, o mordomo Zaqueu foi interpretado pelo ator João Alberto Pinheiro. Esse foi o primeiro papel do artista na televisão e logo caiu nas graças do público.

Logo depois, o ator descobriu que estava com HIV. Ele faleceu após pouco mais de um ano da exibição da novela, em 1992, vítima de uma meningite decorrente do vírus, aos 31 anos de idade.

Esse foi o único trabalho de João Alberto na televisão. Antes, ele investia em sua carreira musical e chegou a lançar um LP em 1988, chamado Lua do Amor. O trabalho do artista na música foi o que chamou a atenção do diretor Jayme Monjardim, que o convidou para participar de Pantanal.

O personagem aparece na segunda fase da novela, ao ser contratado para trabalhar como mordomo na casa de Madeleine (Karine Teles). Funcionário e patroa se aproximam, e ele se torna confidente da loira, que desabafa sobre os dramas de sua família.

No entanto, Zaqueu se muda para o Pantanal e aprende a profissão de peão. Ele é o único homossexual da região pantaneira, e se aproxima de Alcides (Juliano Cazarré), por quem se apaixona. A paixão não é correspondida e o personagem sofre de amor pelo funcionário de Tenório (Murilo Benício), que será amante de Maria Bruaca (Isabel Teixeira).

Quem é Zaqueu na novela Pantanal
João Alberto Pinheiro na primeira versão de Pantanal – Foto: Reprodução/Manchete

 

Zaqueu 2022

No remake adaptado por Bruno Luperi, Zaqueu é interpretado por Silvero Pereira. O cearense de 39 anos é bastante conhecido por seus trabalhos no teatro e cinema, principalmente por Lunga, de Bacurau (2019).

Silvero fez suas estreia em folhetins em 2017, quando interpretou Nonato/Elis em A Força do Querer. No ano seguinte, participou do quadro Show dos Famosos, do Domingão, e terminou a disputa em segundo lugar, ficando atrás apenas do campeão Mumuzinho.

Pantanal é a segunda novela da carreira do ator. Além da presença na TV e cinema, Silvero é fundador da Inquieta Companhia de Teatros e o Coletivo Artístico As Travestidas, composto por artistas  transexuais, travestis e transformistas. Ele é casado há mais de dez anos com o dramaturgo Rafael Barbosa.

Ainda não se sabe se a paixão de Zaqueu por Alcides será mantida na novela. O funcionário é bastante chucro e não recebe bem o interesse do rapaz por ele e faz comentários homofóbicos – assim como ele trata Jove (Jesuíta Barbosa).

Pantanal já trata questões como homofobia e machismo. Nas semanas anteriores, o público acompanhou os comentários pejorativos que Jove recebeu apenas por ter modos polidos e interesse diferentes dos peões do Pantanal. Até mesmo Zé Leôncio (Marcos Palmeira) chegou a dizer que não aceitaria o filho caso ele realmente fosse homossexual.

Guta (Julia Dalavia) também está no centro da discussão, sempre rebatando o machismo do pai e defendendo Jove dos comentários homofóbicos.

silvero pereira
Silvero Pereira vive Zaqueu no remake – Foto: Reprodução/Globo

 

+ PANTANAL: Maria Bruaca e Levi ficam, mas mulher terá outro amante

 

Você pode gostar também
buy cialis online