BBB: enquete aponta Alberto Caubói como maior vilão de todas edições

Público do DCI escolheu o rival de Diego Alemão com 38% dos votos. Veja as atitudes de Alberto no confinamento que lhe renderam o título de maior vilão do BBB.

Você se lembra de tudo o que Alberto Caubói aprontou no BBB 7 que o levou a ser um dos participantes mais odiados da história do programa?

Mesmo após 13 anos, muita gente ainda se lembra e elegeu o ex-BBB como o maior vilão de todas as edições em uma enquete do DCI. Alberto recebeu 38% dos votos do público na enquete.

O que Alberto Caubói fez no BBB?

Principal rival do campeão Diego Alemão na casa, Alberto começou sua trajetória no BBB 7 com pinta de vencedor: nas primeiras semanas, se mostrou uma pessoa de fácil convivência e caiu nos gostos do público.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mas as coisas começaram a mudar drasticamente, e de favorito o caubói passou para um dos principais vilões do BBB 7.

Em entrevistas após o final da edição, Alberto chegou a dizer que o principal motivo da sua mudança de comportamento estava ligado à sua teoria de que a produção do BBB beneficiava Diego Alemão.

A partir disso, o ex-BBB passou a demonstrar ao público uma personalidade fria e calculista com o objetivo de eliminar o triângulo amoroso formado por Alemão, Iris e Fani.

No final das contas, podemos dizer que em partes seu plano foi bem-sucedido: em uma das provas de resistência mais longas da história do BBB, Alberto e Alemão disputavam a liderança por mais de 20 horas quando Diego passou mal.

Como líder da semana, Alberto foi o responsável pela formação do paredão entre Alemão e Íris, que tirou a moça da jogada. Na semana seguinte, o plano se concluiu, com Diego e Fani se enfrentando no paredão.

Apesar disso, a estratégia esbarrou em um obstáculo que estava totalmente fora do seu alcance – o favoritismo que Diego Alemão havia construído do lado de cá, com o público.

Alberto até teve o gostinho da vingança ao tirar os dois affairs de Diego do BBB, mas acabou sendo eliminado com 85% dos votos, o que na época representou o maior índice de rejeição do programa até então.

A vida de Alberto Caubói depois do programa

Treze anos depois de viver o confinamento do BBB intensamente, Alberto revelou ao GShow que consegue enxergar as situações que vivenciou de uma forma diferente, mas que dificilmente agiria de outra forma.

“Hoje, depois de quase 13 anos, consigo ter uma visão diferente de tudo o que aconteceu. Não sei se eu conseguiria ser muito diferente do que fui, pois fui muito verdadeiro e autêntico”, disse.

Independente do alto índice de rejeição com o qual deixou o BBB, o caubói usou a experiência a seu favor e apostou na vida pública engatando carreira na música até 2017.

“O programa me proporcionou entrar para a música e isso mudou muito minha vida. Descobri que eu poderia fazer shows, levar alegria para as pessoas por meio dela e isso foi e continua sendo maravilhoso. Esse foi o grande presente que o programa me trouxe”, apontou.

Após a pausa de três anos, Alberto revelou em janeiro de 2020 que retomaria ao mercado da música com uma nova parceria.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes