Alerta de tsunami no Alasca após terremoto de magnitude 7,8 nos EUA

O terremoto teve seu epicentro nas ilhas Aleutas e o alerta de tsunami aponta para possíveis ondas perigosas para costas localizadas a 300 km do epicentro. 

 

Um alerta de Tsunami no Alasca foi emitido após um terremoto de magnitude 7,8 atingir o sul de Chignik na noite de terça-feira (22).

Logo na sequência, o National Tsunami Warning Center emitiu um alerta para o litoral do Alasca. Esse alerta vale desde a Kennedy Entrance (40 quilômetros a sudoeste de Homer) até o Unimak Pass (80 quilômetros a nordeste de Unalaska).

O terremoto em larga escala ocorreu inicialmente nos Estados Unidos e teve seu epicentro nas Ilhas Aleutas, Península do Alasca.  Por isso, com base nos parâmetros preliminares do terremoto, são possíveis ondas perigosas de tsunami para costas localizadas a 300 km do epicentro.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Alerta de tsunami no Alasca após terremoto de magnitude 7,8 atingir os Estados Unidos

alerta de tsunami no alasca julho 2020
Fonte: El Confidencial

 

Hoje o mundo amanheceu sob a notícia do alerta de tsunami no Alasca. O terremoto aconteceu às 22h13 no horário local local e estava localizado a 120 quilômetros ao sul de Chignik, segundo o National Tsunami Warning Center .

A instituição previu ainda que Sand Point, Cold Bay e Kodiak poderiam ver ondas durante a noite. Sand Point pode ver uma onda às 11h15, enquanto Kodiak pode ver uma às 12h05 e, por fim, Cold Bay pode ver uma às 12h15, de acordo com o boletim do centro.

O centro disse que a previsão do tsunami foi baseada em uma “avaliação preliminar rápida do terremoto e mudanças podem ocorrer“. Por esse motivo,  a população permanece ainda em alerta.

No aviso emitido, alertava-se para “ondas perigosas” que seriam possíveis ao longo da costa, a 300 km do epicentro. Além disso, o centro disse ainda que “as pessoas apanhadas na água de um tsunami podem se afogar, ser esmagadas por detritos ou, ainda, arrastadas para o mar”.

O Serviço Nacional de Meteorologia ainda twittou: “Os impactos na costa da Califórnia ainda estão sendo avaliados pelo National Tsunami Warning Center“.

As informações são do jornal Express UK.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes