Eleições 2020: termina nesta quinta, a propaganda eleitoral gratuita

Amanhã, dia 12 de novembro, é o último dia da propaganda eleitoral gratuita do primeiro turno das Eleições 2020

A propaganda eleitoral gratuita do primeiro turno das Eleições 2020 termina de circular nos veículos de comunicação (rádio e televisão) nesta quinta-feira (12) em todo o Brasil. Na circulação, o horário eleitoral gratuito foi reservado aos candidatos a prefeito e vereador de todos os 5.570 municípios brasileiros. O acesso gratuito dos partidos à rádio e à TV foi garantido pela Constituição de 1988.

Eleições 2020: Saiba como foram divididos os horários na propaganda eleitoral gratuita

O horário eleitoral é dividido em dois blocos diários de 10 minutos cada no rádio e na TV. A propaganda dos candidatos ao cargo de prefeito, está sendo veiculada de segunda a sábado das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. No rádio, a propaganda é exibida das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10.

Além do horário eleitoral gratuito, há a reserva de 70 minutos diários para a propaganda de candidatos em inserções de 30 e 60 segundos durante a programação, sendo 60% do tempo diário (42 minutos) para os candidatos ao cargo de prefeito e 40% (28 minutos) para os candidatos ao cargo de vereador. Este pode ser veiculado das 5h até a meia noite, em toda a programação dos veículos, inclusive aos domingos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os programas de propaganda eleitoral gratuita na TV deverão ter transmissão inclusiva, com audiodescrição, legenda oculta e janela de Libras. Os filmes deverão exibir os candidatos, podendo também mostrar texto, fotos, jingles ou clipes de música ou vinhetas, de maneira a informar o nome do candidato, seu partido e coligação, se for o caso, e o seu número.

No horário eleitoral gratuito, o eleitor brasileiro pode ver e ouvir as principais propostas dos candidatos de sua cidade.

  • Acesse a Resolução nº 23.610/2019 para conferir as regras sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito, além de condutas ilícitas na campanha eleitoral.
Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes