Eleições nos EUA: brasileiro não está sabendo lidar com os votos de papel

A demora para sair o resultado e o complexo sistema eleitoral rendeu uma série de memes

Eleições nos EUA– A disputa eleitoral entre Donald Trump e Joe Biden gerou alvoroço nas redes sociais. Apesar de ser um dos eventos democráticos mais esperados no mundo inteiro, há adversidades: o sistema eleitoral é complexo, a disputa está acirrada e o resultado está demorando para sair.

Desde terça-feira, dia 03, esse ecossistema aflorou o senso de humor dos internautas e culminou numa onda de memes. O principal motivo de espanto é a demora na apuração dos votos das Eleições nos EUA, já  que no Brasil ela é realizada rapidamente graças à urna eletrônica, que faz com que o resultado seja divulgado no mesmo dia em que os eleitores votam.

Enquanto ainda faltam os resultados de quatro estados-chave (Geórgia, Arizona, Nevada e Pensilvânia), os memes continuam agitando a Internet. O Jornal DCI reuniu os principais:

https://twitter.com/MaurilioBarbosa/status/1323588628140986375?s=20

 

Whatsapp image 2020 11 05 at 15. 46. 12

 

Whatsapp image 2020 11 05 at 13. 39. 31

Whatsapp image 2020 11 05 at 15. 45. 00

Eleições nos EUA: Como funciona?

Primeiramente, acontecem as primárias, no primeiro semestre do ano. Nesse momento, cada estado elege delegados, conforme o número de habitantes. Dessa forma, estados mais populosos têm mais delegados.

Esses delegados, por sua vez, são representantes de um partido,  geralmente Democrata ou Republicano, e vão a uma convenção nacional que acontece no meio do ano.

Na convenção nacional , os partidos selecionam os pré-candidatos à eleição e assim começam as campanhas eleitorais em todo o país.

Quando os eleitores norte-americanos votam, eles na verdade estão decidindo para quem vão entregar os delegados de seus estados. O candidato que conseguir o maior número de delegados fica com todos, é o esquema chamado de ” The winner takes it all.”O modelo só não é adotado nos estados do Maine e de Nebraska, que adotaram o sistema proporcional.

Outro ponto relevante é que o voto nas Eleições dos EUA não é obrigatório, não tendo prejuízo para quem não quiser comparecer. É por isso que os candidatos se mobilizam tanto em suas campanhas para que a população americana compareça no dia da votação.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.