100 mais influentes da Time em 2022: lista tem dois brasileiros

Os escolhidos foram divididos nas categorias “Titãs”, “Artistas”, “Inovadores”, “Líderes”, “Ícones” e “Pioneiros”.

A lista TIME 100 pessoas mais influentes de 2022 foi publicada na segunda-feira, 23 de maio, com o CEO da Apple, Tim Cook , listado em primeiro lugar na categoria Titãs. Há dois brasileiros no ranking: Líder indígena Sonia Guajajara e o pesquisador Tulio de Oliveira.

A edição da revista tem 5 capas mundiais, cada uma destacando um membro do TIME100: a atriz Zendaya, Tim Cook da Apple, a cantora Mary J. Blige, a primeira-ministra Mia Mottley e o ator Simu Liu .

+ Qual faculdade o Elon Musk fez? Veja trajetória do bilionário


Quem são os 100 mais influentes Time 2022

Quem são os 100 mais influentes Time 2022 inclui artistas, escritores, políticos, ativistas e pesquisadores. Xi Jinping está na lista pela 13ª vez, mais do que qualquer outra pessoa na lista este ano. Outras repetições incluem: Oprah Winfrey (10), Vladimir Putin (7) , Joe Biden (5) , Christine Lagarde (5) , Tim Cook (5) , Adele (3) , Rafael Nadal (2) , Alex Morgan (2) , Abiy Ahmed (2) , Issa Rae (2) , Megan Rapinoe (2) e Ursula von der Leyen (2) .

Sobre a lista TIME100 de 2022, o editor-chefe e CEO da TIME, Edward Felsenthal , escreve: “Nossa esperança é que a lista TIME100 não seja simplesmente um reconhecimento de influência, mas um estudo sobre como a influência pode ser exercida… , devemos encontrar dentro de nós essa mesma empatia. O espectro de líderes nesta lista, exercendo influência de tantas maneiras, é um lembrete de que todos nós temos a opção de usar nosso poder para o bem.” https://bit.ly/3NuhmkF

 

TITÃS – 100 mais influentes Time 2022


  • Gautama Adani
  • Tim cook
  • Oprah Winfrey
  • Cristina Lagarde
  • Michelle Yeoh
  • Kris Jenner
  • Andy Jassy
  • Sally Rooney
  • Hwang Dong Hyuk
  • Sam Bankman-Fried
  • Megan Rapinoe, Becky Sauerbrunn e Alex Morgan
  • Elizabeth Alexander
  • David Zaslav

LÍDERES – 100 mais influentes Time 2022

  • Karuna Nundy
  • Khurram Parvez
  • Mia Mottley
  • Volodymyr Zelenskyy
  • Ketanji Brown Jackson
  • Joe Rogan
  • Xi Jinping
  • Ursula von der Leyen
  • Ron DeSantis
  • Joe Biden
  • Yoon Suk Yeol
  • Vladimir Putin
  • Olaf Scholz
  • Samia Suluhu Hassan
  • Kevin McCarthy
  • Abiy Ahmed
  • Kyrsten Sinema
  • Gabriel Boric
  • Letícia James
  • Valeriy Zaluzhnyy
  • Lynn Fitch
  • Umar Ata Bandial
  • Sun Chunlan

 

INOVADORES – 100 mais influentes Time 2022

  • Zendaya
  • Taika Waititi
  • Miranda Lambert
  • Derrick Palmer e Chris Smalls
  • Josh Wardle
  • Michelle Zauner
  • Demna
  • Timnit Gebru
  • Mike Cannon Brookes
  • Bela Bajaria
  • Sevgil Musaieva
  • Francis Keré
  • David Velez
  • Michael Schatz, Karen Miga, Evan Eichler e Adam Phillippy

ARTISTAS – 100 mais influentes Time 2022

  • Simu Liu
  • André Garfield
  • Zoë Kravitz
  • Sarah Jessica Parker
  • Amanda Seyfried
  • Quinta Brunson
  • Pete Davidson
  • Channing Tatum
  • Nathan Chen
  • Mila Kunis
  • Jeremy Strong
  • Fé Anel de Ouro
  • Ariana De Bose
  • Jazmine Sullivan
  • Michael R. Jackson

 

ÍCONES – 100 mais influentes Time 2022

  • Mary J. Blige
  • Dmitry Muratov
  • Issa Rae
  • Keanu Reeves
  • Adele
  • Rafael Nadal
  • Maya Lin
  • Jon Batista
  • Nadine Smith
  • Peng Shuai
  • Hoda Khamosh

PIONEIROS – 100 mais influentes Time 2022

  • Candace Parker
  • Frances Haugen
  • Ahmir “Questlove” Thompson
  • Sônia Guajajara
  • Stéphane Bancel
  • Emily Oster
  • Valérie Masson-Delmotte e Panmao Zhai
  • Eileen Gu
  • Túlio de Oliveira e Sikhulile Moyo
  • Nan Goldin
  • Mazen Darwish e Anwar Al Bunni
  • Emmett Schelling
  • Cristina Villarreal Velásquez e Ana Cristina González Vélez
  • Gregório L. Robinson

Brasileiros mais influentes, segundo a Times

A líder indígena Sonia Guajara e o pesquisadores brasileiro Túlio De Oliveira fazem parte da lista das 100 pessoas mais influentes do mundo elaborada pela revista americana Time em 2022.


Em 2018, Sonia se tornou a primeira mulher indígena em uma chapa presidencial no Brasil. Na eleição, concorreu com Guilherme Boulos. Seu trabalho na COP26 também levou à criação de um fundo de US$ 1,7 bilhão para os povos indígenas.

O pesquisador, diretor do Centro de Resposta Epidemiológica e Inovação na África do Sul Túlio De Oliveira aparece na publicação com Sikhuli Moyo, Diretor de Laboratório do Laboratório de Referência HIV do Botswana-Harvard.

“Eles identificaram e relataram o surgimento da variante Omicron em novembro passado. Foi um momento de mudança e de mudança de paradigma – o que para mim era um símbolo da crença de que a excelência em ciência poderia ter origem na África”, afirma no texto a revista assinada pelo virologista. John Nkengasong.

 

 

Você pode gostar também