Ações da Airbnb: empresa se prepara para entrar na bolsa e abrir o capital

Plataforma de hospedagens se prepara para lançar ações na bolsa de valores e entra na onda de abertura de capital.

A bolsa americana poderá ter em breve as ações da Airbnb. A gigante plataforma de hospedagens apresentou na última quarta-feira (20)  os documentos preliminares para uma oferta pública inicial (OPI) em Wall Street.

Se todos os documentos forem aceitos, esta será uma das maiores vendas de ações de 2020.

O Airbnb se junta a uma série de empresas que buscam abrir o capital nos próximos meses em meio a uma onda de renovação da confiança dos investidores.

Os mercados de ações dos EUA dispararam nos últimos meses, com o índice de referência S&P 500 atingindo um recorde nesta semana.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, muitos analistas previram uma rápida recuperação econômica após a grave interrupção causada pelo bloqueio do coronavírus.

De acordo com a BBC, as ações da agência de viagens online Booking Holdings se recuperaram em cerca de 14% nos últimos três meses. Embora tenham permanecido em baixa no ano.

Assim também o Airbnb sofreu alguns prejuízos com os efeitos financeiros da pandemia. O CEO  da empresa, Brian Chesky, disse que a receita em 2020 provavelmente será menos da metade do que foi no ano passado.

 

ações da airbnb
Imagem: Reprodução / freestocks-photos

Ações da Airbnb

Ainda não há mais detalhes sobre quando as ações da Airbnb estarão no mercado ou quanto dinheiro se espera arrecadar.

Em abril, a Airbnb levantou 2 bilhões de dólares de investidores, que o avaliaram em 18 bilhões. Isso ficou bem abaixo dos 26 bilhões que a empresa citou como avaliação interna no início de março e provavelmente reflete o impacto da pandemia nos negócios.

Afinal, a empresa foi sofreu um grande prejuízo por conta das restrições de viagens e em maio anunciou que estava demitindo 25% de sua equipe.

Além disso, a Airbnb anunciou que reduziria ou interromperia iniciativas mais novas, como investimentos em hotéis e resorts e voos de luxo.

Contudo, quando começaram os cortes de empregos, Chesky disse que não estava claro quando as viagens retornariam ou como seria quando isso acontecesse.

De acordo com Chesky “embora saibamos que o negócio do Airbnb se recuperará totalmente, as mudanças que ele sofrerá não são temporárias ou de curta duração”.

Informar Erro
Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes