Astronautas da SpaceX estão voltando à Terra

Os astronautas americanos, Bob Behnken e Doug Hurley, deixaram a estação espacial e estão retornando à Terra. Situação climática causa tensão para o pouso.

Na noite deste último sábado (01), os astronautas da SpaceX, Doug Hurley e Bob Behnken, desencaixaram sua cápsula Dragon Endeavor da Estação Espacial Internacional (ISS) para começar seu retorno à Terra.

Bob Behnken e Doug Hurley partiram de Cabo Canaveral em 30 de maio em uma cápsula da SpaceX Crew Dragon e se tornaram os primeiros astronautas a voar para a ISS, a 400 km da Terra, por uma empresa privada, sob contrato com o NASA.

Nesse sentido, a SpaceX inaugura uma nova era no voo espacial americano. Pois, a NASA decidiu que comprará de parceiros comerciais os serviços de equipamentos de transporte de tripulação em órbita baixa.

Sendo assim, a empresa SpaceX, de Elon Musk, é o primeiro fornecedor desse acordo. Além disso, grande parte do hardware criado é reutilizável.

De acordo com Jim Bridenstine, administrador da NASA, essa nova abordagem ajudou na redução dos custos. “Estabelecemos basicamente os critérios de alto nível em termos de carga útil e segurança, mas não nos envolvemos na concepção de todos os detalhes. Deixamos as empresas privadas inovarem”, explicou o oficial da agência. Ainda segundo Bridenstine, os planos de voos poderão ser estendidos à Lua e Marte.

Segundo o Le Monde, por três bilhões de dólares, concedidos desde 2011 como parte de um contrato de preço fixo, a SpaceX prometeu à NASA seis viagens de ida e volta à ISS, com quatro astronautas a bordo. 

 

furacão na costa americana
©NASA

Astronautas da SpaceX podem enfrentar problemas no pouso

A agência espacial norte-americana e seu parceiro comercial, SpaceX, escolheram um local bem longe do Furacão Isaías, que ameaça atingir a costa leste da Flórida. Neste momento, há apenas uma tempestade, porém a situação climática poderá mudar repentinamente.

Nesse meio tempo, as embarcações de recuperação estão sendo direcionadas para o Golfo do México. Segundo os comunicados recentes da NASA, os controladores da missão estão seguindo diretrizes rigorosas sobre as condições admissíveis de vento e ondas. Além disso, eles também estudarão as últimas previsões meteorológicas antes de dar um “sinal verde” para a reentrada da cápsula.

O pouso no Oceano Atlântico está previsto para acontecer neste domingo às 15h42 (horário de Brasília).

Fonte Le Monde

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes