Residentes e cidadãos australianos estão proibidos de sair do país até dezembro

Cidadãos australianos e residentes permanentes não poderão sair do paós até o final do ano.

 Cidadãos australianos estão proibidos de sair do país por causa da pandemia do coronavírus até meados de dezembro. Do mesmo modo, a medida se estende aos estrangeiros com residência permanente na Austrália.

O “Período de Emergência de Biossegurança Humana” está em vigor desde março e evita que cidadãos australianos ou residentes permanentes deixem o litoral do país.

Contudo, caso haja necessidade de sair, pode-se pedir uma permissão de saída para o governo.

Residentes de outros países, fretes e barcos offshore, trabalhadores essenciais e funcionários do governo estão excluídos da medida. Além disso,  navios de cruzeiro internacionais com 100 ou mais passageiros estão proibidos de entrarem nos portos do país.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

australianos estão proibidos de sair do país
Imagem: Reprodução / Engin Akyurt

Cidadãos australianos estão proibidos de sair do país

Em nota, o ministro da Saúde, Greg Hunt, confirmou que a proibição seria estendida até pelo menos 17 de dezembro.

“A extensão do período de emergência foi informada por conselhos médicos e epidemiológicos especializados fornecidos pelo Comitê Principal de Proteção à Saúde da Austrália (AHPPC)”, disse em declaração.

“A AHPPC informou que a situação internacional e doméstica do covid-19 continua a representar um risco inaceitável para a saúde pública. Portanto, a extensão do período de emergência é uma resposta adequada a esse risco”.

O governo australiano só pode estender a declaração de emergência por no máximo três meses. Contudo, pode fazer isso mais de uma vez.

A princípio, as viagens domésticas foram incentivadas pelo governo, que espera que os cerca de US$ 65 bilhões gastos em viagens ao exterior no ano passado possam ser filtrados para o próprio país. Porém, o fechamento das fronteiras estaduais tornou isso ainda mais difícil.

 

Coronavírus na Austrália

A Austrália tem lutado contra o ressurgimento do coronavírus nos últimos meses. Victoria, um dos estados mais populosos, é agora o com mais infecções.

Victoria, onde fica Melbourne, está sob nova restrição desde o início de agosto. Contudo, este é mais abrange que o realizado em março.

As autoridades de saúde confirmaram na quinta-feira (3) 127 novos casos de covid-19, elevando o total nacional para mais de 26.000. O número de mortes registradas é de 678.

Informar Erro
Fonte Sky News

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes