Casais que se conhecem em aplicativos de namoro se comprometem mais, diz estudo

Casais que se conhecem em aplicativos de namoro muitas vezes têm objetivos de relacionamento de longo prazo mais fortes, diz estudo suíço.

Casais que se conhecem em aplicativos de namoro muitas vezes têm objetivos de relacionamento de longo prazo mais fortes, de acordo com um estudo. Assim, isso contraria a ideia de que a tecnologia incentiva apenas encontros casuais.

Ao analisar os dados da pesquisa familiar de 2018, pesquisadores da Universidade de Genebra (UNIGE) da Suíça estudaram uma amostra de 3.235 adultos que estavam em um relacionamento e conheceram seus parceiros nos últimos 10 anos.

Eles descobriram que os casais que se conheceram em um aplicativo eram mais motivados a morar juntos que os outros.

“O estudo não diz se a intenção final deles era viver juntos por um longo tempo ou não. Mas dado que não há diferença na intenção de casar, e que o casamento ainda é uma instituição central na Suíça, alguns destes casais provavelmente veem a coabitação como um período experimental antes do casamento”, disse Gina Potarca, pesquisadora do Instituto de Demografia e Socioeconomia da Faculdade de Ciências Sociais da UNIGE.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Casais que se conhecem em aplicativos
Imagem: Reprodução / iStock

Casais que se conhecem em aplicativos

De acordo com os pesquisadores, mulheres que conheceram seus parceiros em aplicativos também mencionaram o desejo de ter um filho em um futuro próximo. 

Além disso, eles também observaram que esse desejo era mais comum em relacionamentos que começaram através dos aplicativos que em outras formas de encontro.

Os casais que se conheceram em aplicativos estão tão satisfeitos com a qualidade do relacionamento quanto aqueles que se conheceram em outras circunstâncias, descobriram os pesquisadores.

Dessa forma, “a internet está transformando profundamente a dinâmica de como as pessoas se encontram”, disse Potarca.

 

Aplicativos de namoro

De acordo com o estudo, os aplicativos de namoro encorajam “uma mistura” de pessoas com diferentes níveis de educação. Especialmente entre mulheres com alto nível educacional e homens com baixo nível de escolaridade.

Além disso, aplicativos também facilitam relacionamentos de longa distância.

“Ao saber que os aplicativos de namoro provavelmente se tornaram ainda mais populares durante os períodos de confinamento e distanciamento social deste ano, é reconfortante descartar as preocupações alarmantes sobre os efeitos de longo prazo de uso dessas ferramentas”, acrescentou Potarca.

Informar Erro
Fonte CNN

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes