Chuva de meteoros Perseidas acontece esta semana

A chuva de meteoros Perseidas acontece nesta semana e cerca de 100 “estrelas cadentes” poderão ser vistas por hora.

A chuva de meteoros Perseidas é a mais popular do ano e promete embelezar os céus neste mês.

Ativa de 17 de julho a 24 de agosto de cada ano, a chuva de meteoros Perseidas atinge cerca de 100 “estrelas cadentes” por hora durante a noite de pico, com a chuva de meteoros Delta Aquáridas ativa também ao fundo.

 

O que é a chuva de meteoros Perseidas? 

É uma chuva de meteoros que acontece anualmente e também a mais popular, embora não seja a mais abundante.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Antes de tudo, ela é muito popular porque é facilmente visível para todo o hemisfério norte em agosto. Esse é o mês de maior pico para viagens e também acampamentos nos países da parte norte por ser verão.

 

chuva de meteoros Perseidas
Imagem: Reprodução / adege

Quando é a chuva em 2020? 

As noites de pico em 2020 serão as de terça-feira (11), quarta-feira (12) e quinta-feira (13) do mês de agosto.

De acordo com a Forbes, o melhor horário para ver a chuva de meteoros Perseidas é depois da meia-noite. Ou seja, cerca de 1h da manhã você tem a oportunidade de ver melhor os meteoros e de forma mais clara.

Porém, é importante que o céu esteja limpo para ter uma boa visualização da chuva.

Além disso, você também terá a oportunidade de ver Vênus brilhando na parte nordeste algumas horas antes do nascer do sol.

O que causa a chuva de meteoros Perseidas? 

Como a maioria das chuvas de meteoros, as Perseidas são causadas por cometas

Em outras palavras, a poeira e os detritos que eles lançam ao passar pelo Sistema Solar interno e, principalmente, ao longo do caminho orbital da Terra ao redor do Sol, são chamados de meteoróides. 

O cometa em questão para as Perseidas é o Cometa 109P / Swift-Tuttle, que entrou no Sistema Solar pela última vez em 1992 e deve retornar em julho de 2126, depois em 2261. 

 

Por que eles são chamados de Perseidas?

Todas as grandes chuvas de meteoros têm o nome de uma constelação específica ou, às vezes, até mesmo de uma estrela específica. 

Porém, eles não têm nada a ver com a constelação de estrelas que dão o nome, em vez disso, parecem se originar daquela região do céu. 

No caso das Perseidas, é a constelação de Perseu, uma das maiores constelações do norte. 

No entanto, você não precisa olhar na direção de Perseu para ver estrelas cadentes. Na verdade, é melhor que você olhe diretamente para o céu acima da sua cabeça. Porém,  as trilhas do cometa se originam na posição de Perseu.

Informar Erro
Fonte Forbes

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes