JK Rowling devolve prêmio após crítica de Kerry Kennedy

A escritora disse que está devolvendo um prêmio associado à família Kennedy, depois de ser criticada por suas opiniões sobre gênero e questões trans.

JK Rowling devolve prêmio associado à família Kennedy. O motivo foram as críticas feitas por suas opiniões sobre gênero e questões trans.

No ano passado, a escritora recebeu a homenagem Ripple of Hope da organização de direitos humanos Robert F Kennedy.

Contudo, no início deste mês, a presidenta da organização, Kerry Kennedy, disse que as opiniões expressas por Rowling recentemente “diminuíram a identidade” das pessoas trans.

Em contrapartida, Rowling diz que a implicação de Kennedy de que ela é transfóbica é “incorreta”.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

JK Rowling devolve prêmio
Imagem: Reprodução / Getty Images

JK Rowling devolve prêmio após críticas

A escritora de Harry Potter foi criticada em junho por postar tweets que discutiam a frase “pessoas que menstruam”.

Nesse meio tempo, Rowling se opôs a evitar o uso da palavra “mulheres”.

Em uma longa postagem em seu blog, Rowling disse que seu interesse em questões trans derivou de ser uma sobrevivente de abuso e ter preocupações com espaços entre pessoas do mesmo sexo.

“Eu respeito o direito de toda pessoa trans de viver de qualquer maneira que pareça autêntica e confortável para ela”, escreveu ela. “Ao mesmo tempo, minha vida foi moldada por ser mulher. Não acredito que seja odioso dizer isso”, acrescentou.

 

Kerry Kennedy diz estar decepcionada

No início deste mês, Kennedy postou uma declaração online, que dizia: “Falei com JK Rowling para expressar minha profunda decepção por ela ter escolhido usar seus dons notáveis ​​para criar uma narrativa que diminui a identidade de pessoas trans e não binárias, minando a validade e integridade de toda a comunidade transgênero”.

De acordo com Kennedy “Mulheres trans negras e jovens trans em particular são o alvo”.

Logo depois acrescentou: “A ciência é clara e conclusiva: o sexo não é binário”.

Além disso, ela continuou dizendo que a organização rejeitou categoricamente a visão de Rowling de que o sexo de uma pessoa é aquele que lhe foi atribuído no nascimento.

Antes de Rowling, personalidades como Barack Obama e o arcebispo Desmond Tutu também receberam o prêmio.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes